Classificação e características dos médiuns.

26 set

ESDE – Estudo sistematizado da Doutrina Espírita – Programa Complementar – Tomo Único

Classificação e características dos médiuns.

Objetivo específico : Classificar os médiuns segundo a Codificação Espírita, dando as suas principais características.

Conteúdo básico :

 

Podem dividir-se os médiuns em duas categorias :

Médiuns de efeitos físicos, os que têm o poder de provocar efeitos materiais, ou manifestações ostensivas.

Médiuns de efeitos intelectuais, os que são mais aptos a receber e a transmitir comunicações inteligentes.

As principais variedades de médiuns para os efeitos físicos são :

Médiuns tiptólogos : Aqueles pela influência dos quais se produzem os ruídos, as pancadas. Variedade muito comum, com ou sem intervenção da vontade.

Médiuns motores : Os que produzem o movimento dos corpos inertes.

Médiuns de translações e de suspensões : Os que produzem a translação aérea e a suspensão dos corpos inertes no espaço, sem ponto de apoio. Entre eles há os que podem elevar-se a si mesmos.

Médiuns de efeitos musicais : Provocam a execução de composições, em certos instrumentos de música, sem contato com estes.

Médiuns de aparições ( o  mesmo que médiuns de materializações) : Os que podem provocar aparições fluídicas ou tangíveis, visíveis para os assistentes.

Médiuns de transporte : Os que podem servir de auxiliares aos Espíritos para o transporte de objetos materiais. Variedade dos médiuns motores e de translações.

Médiuns pneumatógrafos : Os que obtém a escrita direta. Conforme seja maior ou menor o poder do médium, obtém-se simples traços, sinais, letras,palavras, frases e mesmo páginas inteiras.

Médiuns curadores : Consiste a mediunidade desta espécie na faculdade que certas pessoas possuem de curar pelo simples contato, pela imposição das mãos, pelo olhar, por um gesto, mesmo sem o concurso de qualquer medicamento.

As principais variedades de médiuns para efeitos intelectuais são :

Médiuns audientes : Esses ouvem os Espíritos, e transmitem o que ouvem.

É, algumas vezes, como se escutassem uma voz interna que lhes ressoasse no foro íntimo; doutras vezes é uma voz exterior, clara e distinta, qual a de uma pessoa viva ( encarnada).

Os médiuns audientes também podem conversar com os Espíritos. Quando se habituam a conversar com certos Espíritos, eles os reconhecem imediatamente pelo som da voz.

Médiuns falantes( ou psicofônicos) : O Espírito atua sobre os órgãos da palavra, como atua sobre a mão dos médiuns escreventes ou psicógrafos.

Em geral, o médium falante se exprime sem ter consciência do que diz e diz amiúde coisas inteiramente fora do âmbito de suas ideias habituais, de seus
conhecimentos e, até fora do alcance da sua inteligência.

Não é raro verem-se pessoas iletradas e de inteligência vulgar expressar-se, em tais momentos, com verdadeira eloquência e, tratar com incontestável superioridade, de questões sobre as quais seriam incapazes de emitir, no estado ordinário, uma opinião.

Se bem esteja perfeitamente acordado quando exerce a sua faculdade, raro é que o médium falante guarde lembranças do que disse. Nem sempre, porém, é integral a sua passividade. Alguns há que têm intuição do que dizem, no próprio instante em que proferem as palavras.

Médiuns videntes : Dá-se esta qualificação às pessoas que, em estado normal e perfeitamente despertas, gozam da faculdade de ver os Espíritos.

I Samuel 9 : 19 – Samuel respondeu a Saul e disse: Eu sou o vidente;

Médiuns inspirados : Recebem ideias ou sugestões relacionadas às ações da vida cotidiana ou aos grandes trabalhos da inteligência.

Nestes médiuns, muito menos aparentes são do que nos outros os sinais exteriores da mediunidade; é toda intelectual e moral a ação que os Espíritos exercem sobre eles e se revela nas menores circunstâncias da vida, como nas maiores concepções.

Sobretudo debaixo deste aspecto é que se pode dizer que todos são médiuns, porquanto ninguém há que não tenha Espíritos protetores e familiares a empregar todos os esforços por lhe sugerir salutares ideias.

No inspirado, difícil muitas vezes se torna distinguir as ideias que lhe são próprias do que lhe é sugerido. A espontaneidade é principalmente o que caracteriza esta última.

Nos grandes trabalhos da inteligência é onde mais se evidencia a inspiração.

Os homens de gênio, de todas as categorias, artistas, sábios, literatos, oradores, são sem dúvida Espíritos adiantados, capazes, por si mesmos, de compreender e conhecer grandes coisas;

ora, precisamente porque são considerados capazes, é que os Espíritos que visam à execução de certos trabalhos lhes sugerem as ideias necessárias, de sorte que na maioria dos casos eles são médiuns sem o saberem.

Têm, contudo, vaga intuição de uma assistência estranha, porquanto aquele que apela para a inspiração nada faz do que uma evocação.

Médiuns de pressentimentos : Pessoas há que, em dadas circunstâncias, têm uma imprecisa intuição das coisas futuras.

 Essa intuição pode provir de uma espécie de vista dupla, que faculta se entrevejam as consequências das coisas presentes; mas, doutras vezes, resulta de comunicações ocultas, que fazem de tais pessoas uma variedade dos médiuns inspirados.

Médiuns proféticos : É igualmente uma variedade dos médiuns inspirados.

Recebem, com a permissão de Deus e com mais precisão do que os médiuns de pressentimentos a revelação das coisas futuras, de interesse geral, que eles recebem o encargo de  tornar conhecidas aos homens, para lhes servir de ensinamento.

 De certo modo, o pressentimento é dado à maioria dos homens, para uso pessoal deles;

o  dom da  profecia, ao contrário, é excepcional e implica a ideia de uma missão na Terra.

Médiuns sonâmbulos : Pode-se considerar o sonambulismo como uma variedade da faculdade mediúnica, ou, antes, são duas ordens de fenômenos que frequentemente se encontram ligados.

O sonâmbulo age sob a influência do seu próprio Espírito; sua própria alma é que, em momentos de emancipação, vê, ouve e percebe além  limites dos sentidos.

 O que ele exprime haure-o de si mesmo; suas ideias são, em geral, mais justas do que no seu estado normal, mais extensos os seus conhecimentos, porque livre se lhe acha a alma.

Em suma, ele vive antecipadamente a vida dos Espíritos. O médium, ao contrário, é instrumento de uma  inteligência estranha; é passivo e o que diz não vem  do seu próprio eu.

 Em resumo: o sonâmbulo externa seus próprios pensamentos e o médium exprime os de outrem.

Médiuns pintores ( pictógrafos) ou desenhistas : Os que pintam ou desenham por influência dos Espíritos.

Médiuns músicos : Os que executam, compõem, ou escrevem músicas, sob a influência dos Espíritos.

Há médiuns músicos, mecânicos, semimecânicos, intuitivos e inspirados, como os há para as comunicações literárias.

Médiuns psicógrafos ou escreventes A denominação de médium psicógrafo é dada a pessoas que escrevem sob a influência dos Espíritos.

Assim como um Espírito pode atuar sobre os órgãos vocais de um médium falante e fazê-lo pronunciar  palavras, também pode servir-se da sua mão para fazê-lo escrever.

A mediunidade psicográfica apresenta três variedades bem distintas:

os médiuns mecânicos, os intuitivos e os semimecânicos.

Com o médium mecânico, o Espírito lhe atua diretamente sobre a mão, impulsionando-a.

O que caracteriza este gênero de mediunidade é a inconsistência absoluta, por parte do  médium, do que sua mão escreve.

O movimento desta independe da vontade do escrevente; movimenta- se sem interrupção, a despeito do médium, enquanto o Espírito tem alguma coisa a dizer, e pára desde que este último haja concluído.

Com o  médium intuitivo, é o Espírito do médium que serve de intermediário à transmissão do  pensamento.

O  outro Espírito, nesse caso, não atua sobre a mão para movê-la, atua sobre a alma, identificando-se com ela e imprimindo-lhe sua vontade e suas ideias. A alma  recebe o pensamento do Espírito comunicante e o transcreve.

O médium semimecânico,  ou semi-intuitivo participa dos outros dois gêneros.

No médium puramente mecânico, o movimento da mão independe da sua vontade;

no  médium intuitivo, o movimento é involuntário e facultativo.

médium semimecânico  sente na mão uma impulsão dada  mau grado seu, mas ao  mesmo tempo tem consciência do que escreve, à medida que as palavras se  formam.

Com o primeiro, o  pensamento vem depois do  ato de escrever; 

com o segundo, precede-o;

com o terceiro, acompanha-o.

Finalmente, Kardec inclui, ainda, entre médiuns psicógrafos, os seguintes:

 

Médiuns polígrafos: aqueles cuja escrita muda com o Espírito que se comunica, ou aptos a reproduzir a escrita que o Espírito tinha em vida.

Médiuns poliglotas ou de xenoglossia: os que têm  a faculdade de escrever ou falar, em línguas que lhe são desconhecidas.

Médiuns iletrados: os que escrevem, como médiuns, sem saberem ler,  nem escrever, no estado ordinário.

—————————————————————————–

Em um Post mais adiante, colocarei sobre a Mediunidade e comunicação com os mortos na Bíblia.

No próximo Post, comentarei sobre a “mediunidade” de WW.

Anúncios

Uma resposta to “Classificação e características dos médiuns.”

  1. Angélica junho 24, 2013 às 1:53 pm #

    desde os meus 7 ou 8 anos eu tenho visões de coisas que ainda vão acontecer e de lugares que nunca fui e nem havia visto, meses depois presenciei tudo (não necessariamente de uma só vez)
    Atualmente também ouço batidas, respiração e raramente vozes no meu quarto por volta de meia noite e uma hora.

    Meus pais dizem pra não dar muita importância essa manifestações no meu quarto porque pode ser um espirito negativo tentando de alguma forma me influenciar e até que não me oponho aos pensamentos deles já que sinto que essa manifestação não parece ter um lado muito confortável e sim algo mais violento, em meus sonhos tenho quase certeza de encontrar o nome desse ser, mas não consigo me lembrar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: