Ressurreição Espiritual ; A Alma após a Morte.

10 out

Ressurreição Espiritual

 

No outro Post relatei as ressurreições da filha de Jairo e do filho da viúva de Naim, em que Jesus ressuscitou-os.

Mas , a verdadeira Ressurreição é espiritual.

 

Em I Coríntios 15 : 35 – 50, o apóstolo Paulo nos fala deste tipo de ressurreição, comentando ainda, sobre os corpos  terrestres e espirituais.

 

I Coríntios 15 : 35 – 50

35  Mas alguém dirá: Como ressuscitam os mortos? E em que corpo vêm?

36  Insensato! O que semeias não nasce, se primeiro não morrer;

37  e, quando semeias, não semeias o corpo que há de ser, mas o simples grão, como de trigo ou de qualquer outra semente.

38  Mas Deus lhe dá corpo como lhe aprouve dar e a cada uma das sementes, o seu corpo apropriado.

 

39  Nem toda carne é a mesma; porém uma é a carne dos homens, outra, a dos animais, outra, a das aves, outra, a dos peixes.

40  Também há corpos celestiais e corpos terrestres; , sem dúvida, uma é a glória dos celestiais, e outra, a dos terrestres.

41  Uma é a glória do sol, outra, a glória da lua, e outra, a das estrelas; porque até entre estrela e estrela há diferenças de esplendor.

42  Pois assim também é a ressurreição dos mortos. Semeia-se o corpo na corrupção, ressuscita na incorrupção. Semeia-se em desonra, ressuscita em glória.

43  Semeia-se em fraqueza, ressuscita em poder.

44  Semeia-se corpo natural, ressuscita corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual.

45  Pois assim está  O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente. O último Adão, porém, é espírito vivificante.

46  Mas não é primeiro o espiritual, e sim o natural; depois, o espiritual.

47  O primeiro homem, formado da terra, é terreno; o segundo homem é do céu.

48  Como foi o primeiro homem, o terreno, tais são também os demais homens terrenos; e, como é o homem celestial, tais também os celestiais.

49  E, assim como trouxemos a imagem do que é terreno, devemos trazer também a imagem do celestial.

50  Isto afirmo, irmãos, que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção.

 

Jesus disse que, Deus não é Deus de mortos, e sim, de vivos. O que morre é a carne, mas o espírito sobrevive

 

Mateus 22: 31 – 32

31 – E, quanto à ressurreição dos mortos, não tendes lido o que Deus vos declarou:

32 – Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó? Ele não é Deus de mortos, e sim de vivos.

 

Marcos 12: 24-27

24Respondeu-lhes Jesus: Não provém o vosso erro de não conhecerdes as Escrituras, nem o poder de Deus?

25 – Pois, quando ressuscitarem de entre os mortos, nem casarão, nem se darão em casamento; porém, são como os anjos nos céus.

26 – Quanto à ressurreição dos mortos, não tendes lido no Livro de Moisés, no trecho referente à sarça, como Deus lhe falou: Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó?

27Ora, ele não é Deus de mortos, e sim de vivos. Laborais em grande erro.

 

Lucas 20: 38Ora, Deus não é Deus de mortos, e sim de vivos; porque para ele todos vivem.

 

 

Antes de Jeremias nascer , ele, como espírito, já tinha sido consagrado e constituído profeta, por Deus.

 

Jeremias 1 : 5 Antes que eu te formasse no ventre materno , eu te conheci e antes que saísses da madre , te consagrei profeta às nações..

 

 

O apóstolo Paulo diz que, Deus o separou antes de nascer.

Isto quer dizer que ele era espírito e Deus o preparou para a sua missão na Terra, de evangelização.

 

Gálatas 1: 15 – Quando, porém ao que me separou antes de eu nascer………

 

 
Vejamos o que nos ensinam os Espíritos Superiores através do Livro dos Espíritos (Cap. III) sobre esta vida espiritual, depois da morte do corpo terrestre ( como disse o apóstolo Paulo) :

 

Retorno da vida corporal à vida espiritual

 

A alma após a morte

 

149 Em que se torna a alma logo após a morte?

Volta a ser Espírito, ou seja, retorna ao mundo dos Espíritos, que havia deixado temporariamente.

 

150 A alma, após a morte, conserva sua individualidade?

Sim, nunca a perde. O que seria ela se não a conservasse?

 

150 a Como a alma continua a ter a sua individualidade, uma vez que não possui mais seu corpo material?

Ela ainda tem um fluido que lhe é próprio, tomado da atmosfera de seu planeta e que representa a aparência de sua última encarnação: seu perispírito.

 

150 b A alma nada leva consigo deste mundo?

Nada mais que a lembrança e o desejo de ir para um mundo melhor.

Essa lembrança é cheia de doçura ou amargura, de acordo com o emprego que fez da vida.

Quanto mais pura, mais compreende a futilidade do que deixa na Terra.

 

II Coríntios 5: 10 – Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo.

 

151 O que pensar da opinião de que, após a morte, a alma retorna ao todo universal?

O conjunto dos Espíritos não forma um todo? Não constitui um mundo completo? Quando estais em uma assembléia, sois parte integrante dessa assembléia e, entretanto, sempre conservais a individualidade.

 

152 Que prova podemos ter da individualidade da alma após a morte?


Não tendes essa prova por meio das comunicações que obtendes? Se não fôsseis cegos, veríeis; e, se não fôsseis surdos, ouviríeis, pois muito
freqüentemente uma voz vos fala e revela a existência de um ser fora de vós.

 

Aqueles que pensam que na morte a alma retorna ao todo universal estão errados, se por isso entenderem que, semelhante a uma gota  d’água que cai no oceano, perde sua individualidade. Porém, estarão certos se entenderem por todo universal o conjunto de seres incorpóreos, do qual cada alma ou Espírito é um elemento.

Se as almas não se diferenciassem no todo, teriam apenas as qualidades do conjunto e nada poderia distingui-las umas das outras; não teriam nem inteligência, nem qualidades próprias.

 

Porém, muito ao contrário disso, em todas as comunicações demonstram ter consciência do seu eu e uma vontade própria.

A diversidade que apresentam em todas as comunicações é conseqüência da sua individualidade.

 

Se após a morte houvesse somente o que se chama de o grande Todo que absorve todas as individualidades, esse Todo seria uniforme e, então, todas as comunicações do mundo invisível seriam idênticas.

 

Uma vez que lá se  encontram seres bons e maus, sábios e ignorantes, felizes e infelizes, e de todas as espécies: alegres e tristes, levianos e sérios, etc., é evidente que são seres distintos.

 

A individualidade torna-se ainda mais evidente quando esses seres provam sua identidade por manifestações incontestáveis, por detalhes pessoais relativos à sua vida terrestre que se podem comprovar.

 

Também não pode ser posta em dúvida quando se tornam visíveis em suas aparições.

A individualidade da alma nos foi ensinada em teoria, como um artigo de fé. O Espiritismo a torna evidente e, de certo modo, material.

 

153 Em que sentido se deve entender a vida eterna?

É a vida do Espírito que é eterna;

porém, a do corpo é transitória e passageira.

Quando o corpo morre, a alma retorna à vida eterna.

 

153 a Não seria mais exato chamar vida eterna à vida dos Espíritos puros,  aqueles que, tendo atingido o grau de perfeição, não têm mais provas para suportar?

Isso é, antes, a felicidade eterna. Porém, mais uma vez, é uma questão de palavras: chamai as coisas como quiserdes, contanto que vos entendais.

 

No próximo Post colocarei mais algumas informações sobre a Alma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: