João Batista é Elias

16 out

João Batista é Elias

 

WW volta a fazer os mesmos comentários do início de seu livro, mas, irei respondê-los, também voltando a por alguns textos.

 

“Dedução pelo contexto”

“Vamos, agora, ao terceiro posicionamento dos Espíritas, que é “Afirmar que existe o ensino de reencarnação, e que pode ser deduzido do contexto, ou seja, certas coisas não poderiam acontecer sem que existisse reencarnação.”. Um exemplo clássico dessa postura é a passagem do “cego de nascença”, onde Jesus foi interrogado a respeito de um cego, da seguinte forma: “Mestre, quem pecou? Ele ou seus pais, para que nascesse cego?”

 

Cego de Nascença

 

Como já foi apresentado um texto sobre o cego de nascença em outro Post, vou  fazer apenas, alguns pequenos comentários sobre o que foi escrito, novamente, por WW.

 

 No livro A Gênese Cap. XV – item 25,  há o seguinte ensinamento :

 

A pergunta dos discípulos: Foi algum pecado deste homem que deu causa a que ele nascesse cego?

 

revela que eles tinham a intuição de uma existência anterior, pois, do contrário, ela careceria de sentido, visto que um pecado somente pode ser  causa de uma enfermidade de nascença, se cometido antes do nascimento, portanto, numa existência anterior.

 

Se Jesus considerasse falsa semelhante idéia, ter-lhes-ia dito: «Como houvera este homem podido pecar antes de ter nascido?»

 

Em vez disso, porém, diz que aquele homem estava cego, não por ter pecado, mas para que nele se patenteasse o poder de Deus, isto é, para que servisse de instrumento a uma manifestação do poder de Deus.

 

Se não era uma expiação do passado, era uma provação apropriada ao progresso daquele Espírito, porquanto Deus, que é justo, não lhe imporia um sofrimento sem utilidade.

 

 Em relação , ainda, ao cego de nascença, vou apresentar um estudo sobre a mudança numa parte do texto:

 

João 9 : 1- 4

Caminhando Jesus, viu um homem cego de nascença.

E os seus discípulos perguntaram: Mestre, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?

Respondeu Jesus: Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus.

 4  É necessário que façamos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar.

 

Este versículo 4, já demonstrei que foi adulterado, mudando-se o sentido da frase.

 

Em vez de façamos, é EU FAÇA.

 

João 9 : 4 – É necessário que façamos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar.

 

É necessário <1163> (5748) que <1691> façamos <2038> (5738) as obras <2041> daquele que me enviou <3992> (5660) <3165>, enquanto <2193> é <2076> (5748) dia <2250>; a noite <3571> vem <2064> (5736), quando <3753> ninguém <3762> pode <1410> (5736) trabalhar <2038> (5738).

 

que <1691  emh eme

 

Eu, me, eu mesmo, etc.

 

João 9 : 4 – É necessário que eu faça as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar.

 

Jesus está se referindo a ele mesmo, e, não a nós.

 

E, WW continua…………

 

“E, além disso, eles acreditavam sim, que era possível pecar antes de nascer… mas pecar NO VENTRE.”

 

Por este comentário, vê-se a ignorância sobre os textos espíritas.

Pecar no ventre ? É evidente, que pecar antes de nascer, está relacionado a pecar numa vida passada.

 

WW escreve, ainda :

  

“Afirmar que existe o ensino de reencarnação, e que pode ser deduzido do contexto, ou seja, certas coisas não poderiam acontecer sem que existisse reencarnação.”.

 

A resposta já foi dada, com vários exemplos de Reencarnação.

 

Mais textos escritos por WW :

 

Textos explícitos”

“O quarto posicionamento, ou seja, textos que supostamente explicitam a reencarnação também são muito usados. O mais famoso deles é sobre Elias e João Batista. Uma profecia em Malaquias 4:5, diz

Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR;”.”

 “A interpretação direta dessa profecia é que o profeta Elias iria “voltar”, antes da chegada do Messias. Os Espíritas dizem que esse “voltar” seria reencarnar. E, mais tarde, encontramos Jesus dizendo: “E, se quereis dar crédito, é este o Elias que havia de vir.”, sobre João Batista, em Mateus 11.14. Explícito, não?”

 

Completamente, explícito. Até João Ferreira de Almeida (tradutor da Bíblia) viu isto, e colocou citações nos rodapés da Bíblia.

 

Malaquias 4 : 5 – 6 :

5 – Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR;

6 – ele converterá o coração dos pais aos filhos e o coração dos filhos a seus pais, para que eu não venha e fira a terra com maldição.

 

E, observem as indicações no rodapé da Bíblia :

Mateus 11 : 14 ;  17 :10 – 13 ; Marcos 9 : 11 – 13 ; Lucas 1 : 17 ; João 1 : 23 .

 

Mateus 11 : 14 – E, se o quereis reconhecer, ele mesmo é Elias, que estava para vir.

 

Mateus 17 : 10 – 13

10  Mas os discípulos o interrogaram: Por que dizem, pois, os escribas ser necessário que Elias venha primeiro?

11  Então, Jesus respondeu: De fato, Elias virá e restaurará todas as coisas.

12  Eu, porém, vos declaro que Elias já veio, e não o reconheceram; antes, fizeram com ele tudo quanto quiseram. Assim também o Filho do Homem há de padecer nas mãos deles.

13  Então, os discípulos entenderam que lhes falara a respeito de João Batista.

 

Marcos 9 : 11 – 13

11  E interrogaram-no, dizendo: Por que dizem os escribas ser necessário que Elias venha primeiro?

12  Então, ele lhes disse: Elias, vindo primeiro, restaurará todas as coisas; como, pois, está escrito sobre o Filho do Homem que sofrerá muito e será aviltado?

13  Eu, porém, vos digo que Elias já veio, e fizeram com ele tudo o que quiseram, como a seu respeito está escrito.

 

Lucas 1 : 17 – E irá adiante do Senhor com o espírito e poder de Elias, para converter o coração dos pais aos filhos, converter os desobedientes à prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparado.

 

João 1 : 23 – Então, ele respondeu: Eu sou a voz do que clama no deserto: Endireitai o caminho do Senhor, como disse o profeta Isaías.

 

Não há nada na Bíblia, dizendo que Elias NÃO morreu.

II Reis 2 : 11  diz  apenas, que Elias subiu ao céu num redemoinho.

 

II Reis 2 : 11 – Indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho.

                

Mas ,TODOS MORREM. Até Jesus morreu na cruz.

 

Lucas 23 : 46 Então, Jesus clamou em alta voz: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito! E, dito isto, expirou.

 

Salmo 82 : 7Todavia, como homens, morrereis e, como qualquer dos príncipes, haveis de sucumbir.

 

Salmo 89 : 48 –  Que homem há, que viva e não veja a morte? Ou que livre a sua alma das garras do sepulcro?

 

Porém, JESUS , confirmou a morte de Elias, ao DECLARAR que João Batista era Elias.

 

Mateus 11 : 14E, se o quereis reconhecer, ele mesmo é Elias, que estava para vir

 

Na própria Bíblia, encontramos a “dica” sobre a Reencarnação.

 

Lucas 1: 17 – E irá adiante do Senhor no espírito e poder de Elias, para converter o coração dos pais aos filhos, converter os desobedientes à prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparado.

 

Através de um pequeno estudo de strongs, vejam como muda o sentido da frase de Lucas 1 : 17.

 

Lucas 1: 17 – E irá adiante do Senhor no espírito e poder de Elias, para converter o coração dos pais aos filhos, converter os desobedientes à prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparado.

 

17  E <2532> irá <4281> (5695) adiante <1799> do Senhor <846> no <1722> espírito <4151> e <2532> poder <1411> de Elias <2243>,

 

1722 en en  1) em, por, com etc.

 

Lucas 1 : 17 – E irá adiante do Senhor com o espírito e poder de Elias,

 

Lucas 1 : 17 – E irá adiante do Senhor pelo espírito e poder de Elias,

 

 Nota-se, então, como a Igreja, preferiu a tradução mais adequada aos seus interesses.

 

E, há outras evidências de que João Batista era mesmo Elias reencarnado.

 

João 1 : 21 – 23

21 – Então, lhe perguntaram: Quem és, pois? És tu Elias? Ele disse: Não sou. És tu o profeta? Respondeu: Não.

22 – Disseram-lhe, pois: Declara-nos quem és, para que demos resposta àqueles que nos enviaram; que dizes a respeito de ti mesmo?

 

23 Então, ele respondeu: Eu sou a voz do que clama no deserto: Endireitai o caminho do Senhor, como disse o profeta Isaías.

 

João Batista não sabia, conscientemente, quem tinha sido.

Mas, inconscientemente, ele sabia, tanto que respondeu : Eu sou a voz do que clama no deserto: Endireitai o caminho do Senhor, como disse o profeta Isaías.

E Jesus confirmou que, ele era mesmo Elias.

 

Lucas 7 : 24 – 28

24  Tendo-se retirado os mensageiros, passou Jesus a dizer ao povo a respeito de João: Que saístes a ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento?

25  Que saístes a ver? Um homem vestido de roupas finas? Os que se vestem bem e vivem no luxo assistem nos palácios dos reis.

26  Sim, que saístes a ver? Um profeta? Sim, eu vos digo, e muito mais que profeta.

 

27  Este é aquele de quem está escrito: Eis aí envio diante da tua face o meu mensageiro, o qual preparará o teu caminho diante de ti.

 

28  E eu vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém é maior do que João; mas o menor no reino de Deus é maior do que ele.

 

Malaquias 3 : 1 – Eis que eu envio o meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim; de repente, virá ao seu templo o Senhor, a quem vós buscais, o Anjo da Aliança, a quem vós desejais; eis que ele vem, diz o SENHOR dos Exércitos.

 

Malaquias 4 : 5  – 6

Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível Dia do SENHOR;

 

ele converterá o coração dos pais aos filhos e o coração dos filhos a seus pais, para que eu não venha e fira a terra com maldição.

 

 Mateus 11 : 14E, se o quereis reconhecer, ele mesmo é Elias, que estava para vir. (Jesus estava se referindo a JOÃO BATISTA).

 

Em O Livro dos EspíritosCap. IVNinguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo itens 10 e 11, Kardec nos diz :

 

10. Ora, desde o tempo de João Batista até o presente, o reino dos céus é tomado pela violência e são os violentos que o arrebatam; – pois que assim o profetizaram todos os profetas até João, e também a lei. – Se quiserdes compreender o que vos digo, ele mesmo é o EIias que há de vir. – Ouça-o aquele que tiver ouvidos de ouvir. ( MATEUS, cap. XI, vv. 12 a 15.)

 

11. Se o princípio da reencarnação, conforme se acha expresso em S. João, podia, a rigor, ser interpretado em sentido puramente místico, o mesmo já não acontece com esta passagem de S. Mateus, que não permite equívoco: ELE MESMO é o Elias que há de vir.

 

Não há aí figura, nem alegoria: é uma afirmação positiva.“Desde o tempo de João Batista até o presente o reino dos céus é tomado pela violência.” Que significam essas palavras, uma vez que João Batista ainda vivia naquele momento?

 

Jesus as explica, dizendo: “Se quiserdes compreender o que digo, ele mesmo é o Elias que há de vir.”

Ora, sendo João o próprio Elias, Jesus alude à época em que João vivia com o nome de Elias.

 

Até ao presente o reino dos céus é tomado pela violência”: outra alusão à violência da lei moisaica, que ordenava o extermínio dos infiéis, para que os demais ganhassem a Terra Prometida, Paraíso dos hebreus, ao passo que, segundo a nova lei, o céu se ganha pela caridade e pela brandura.

 

E acrescentou: Ouça aquele que tiver ouvidos de ouvir. Essas palavras, que Jesus tanto repetiu, claramente dizem que nem todos estavam em condições de compreender certas verdades.

 

 

Mateus 17 : 10 – 13

10 – Mas os discípulos o interrogaram: Por que dizem, pois, os escribas ser necessário que Elias venha primeiro?

11 – Então, Jesus respondeu: De fato, Elias virá e restaurará todas as coisas.

 

12 – Eu, porém, vos declaro que Elias já veio, e não o reconheceram;

antes, fizeram com ele tudo quanto quiseram. Assim também o Filho do Homem há de padecer nas mãos deles.

 

13 – Então, os discípulos entenderam que lhes falara a respeito de João Batista.

 

Marcos 9 : 11-13

11 – E interrogaram-no, dizendo: Por que dizem os escribas ser necessário que Elias venha primeiro?

12 – Então, ele lhes disse: Elias, vindo primeiro, restaurará todas as coisas; como, pois, está escrito sobre o Filho do Homem que sofrerá muito e será aviltado?

 

13 – Eu, porém, vos digo que Elias já veio, e fizeram com ele tudo o que quiseram, como a seu respeito está escrito.

 

 

João Batista é Elias

 

Elias foi um profeta que viveu no reino de Acabe ( I Reis 17 : 1 ) muito tempo antes de João Batista nascer ( Elias –  874 – 853 a.C).

 

I Reis 17 : 1 – Então, Elias, o tesbita, dos moradores de Gileade, disse a Acabe: Tão certo como vive o SENHOR, Deus de Israel, perante cuja face estou, nem orvalho nem chuva haverá nestes anos, segundo a minha palavra.

 

Mas, em Malaquias  4 : 5 – 6 , Deus diz que ainda o enviaria, antes que viesse o grande e terrível dia do SENHOR.  (Malaquias 3 : 1;  Lucas 7 : 24 – 29 ).

 

MalaquiasÚltimo profeta do Antigo Testamento ( meados do século V a.C).

 

Malaquias 4 : 5 – 6

5 – Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR;

6 – ele converterá o coração dos pais aos filhos e o coração dos filhos a seus pais, para que eu não venha e fira a terra com maldição.

 

 

Aproximadamente, 500 anos depois, o Anjo Gabriel, apareceu para Zacarias (marido de Izabel) ,e anunciou que ela conceberia e, o nome do menino deveria ser JOÃO.

 

E disse mais, o Anjo Gabriel, sobre João :

 

Lucas 1: 17 – E irá adiante do Senhor com o espírito e poder de Elias, para converter o coração dos pais aos filhos, converter os desobedientes à prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparado.

 

Lucas 1 : 11 – 19

11 E eis que lhe apareceu um anjo do Senhor, em pé, à direita do altar do incenso.

12 – Vendo-o, Zacarias turbou-se, e apoderou-se dele o temor.

 

13 – Disse-lhe, porém, o anjo: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida; e Isabel, tua mulher, te dará à luz um filho, a quem darás o nome de João.

 

14 –  Em ti haverá prazer e alegria, e muitos se regozijarão com o seu nascimento.

15 – Pois ele será grande diante do Senhor, não beberá vinho nem bebida forte e será cheio do Espírito Santo, já do ventre materno.

16 – E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor, seu Deus.

17 E irá adiante do Senhor com o espírito e poder de Elias,

para converter o coração dos pais aos filhos, converter os desobedientes à prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparado.

18 – Então, perguntou Zacarias ao anjo: Como saberei isto? Pois eu sou velho, e minha mulher, avançada em dias.

19 – Respondeu-lhe o anjo: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado para falar-te e trazer-te estas boas-novas.

 

 

E, WW disse ainda:

 

“É o Elias que havia de vir, mas em momento algum isso implica que ele era ELIAS – o homem – reencarnado, mas sim um homem na UNÇÃO de Elias, da mesma foram que foi Eliseu.”( deve ser ………da mesma forma)

 

Os evangélicos, baseados no texto mal traduzido, dizem, então, que João Batista veio na UNÇÃO de Elias, e não como Elias reencarnado.

 

Mas, o texto fica bastante claro, quando se coloca a preposição COM, isto é, COM o espírito e poder de Elias.

 

 

Continuarei apresentando o tema João Batista é Elias, nos próximos Posts.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: