Mediunidade na Bíblia

19 out

Mediunidade na Bíblia

 

WW pergunta :

 

“Há mediunidade na Bíblia?”

 

 Novamente, eu digo : DEFINITIVAMENTE, SIM.

 

Fiz uma pesquisa na Bíblia e, facilmente, encontrei muitos versículos com referências à mediunidade.

 

Evidentemente, há muitos outros casos, mas fiz apenas um resumo, para mostrar que, realmente a Bíblia está “recheada” de casos de Mediunidade.

 

O que falta para evangélicos e católicos é informação, aprendizado sobre o assunto.

 

E, WW afirma :

 

 “O fato é que, se não houver no texto uma evidência direta de que o ser comunicante é um espírito de alguém que viveu na Terra, então não pode ser usado como prova.”

 

Então, eu pergunto a WW :

 

E Moisés e Elias, que apareceram na Transfiguração de Jesus ?

 

Mateus 17 : 3 – E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele.

 

Os evangélicos e católicos podem continuar acreditando que Elias não morreu ( o que já foi contestado),

mas MOISÉS morreu e foi enterrado.

 

Está na Bíblia em Deuteronômio  34 : 5  –  6.

Assim, morreu ali Moisés, servo do SENHOR, na terra de Moabe, segundo a palavra do SENHOR.

6  Este o sepultou num vale, na terra de Moabe, defronte de Bete-Peor; e ninguém sabe, até hoje, o lugar da sua sepultura.

 

Como já coloquei um Post sobre Mediunidade, bem no início do Blog ( recomendo uma nova leitura, para melhor compreender os casos de Mediunidade na Bíblia), irei colocar apenas algumas definições, conforme os casos forem apresentados.

 

Casos de Mediunidade na Bíblia

 

O termo profeta é derivado do grego prophétes, que significa alguém que fala diante dos outros e no idioma hebraico o termo tem um significado mais amplo : aquele que anuncia.

 

Exemplos de Mediunidade no Velho Testamento :

 

MÉDIUNS VIDENTES : Dá-se esta qualificação às pessoas que, em estado normal e perfeitamente despertas, gozam da faculdade de ver os Espíritos.

 

O Profeta Samuel era médium vidente.

 

I Samuel 9 : 9 – (Antigamente, em Israel, indo alguém consultar a Deus, dizia: Vinde, vamos ter com O VIDENTE : porque ao profeta de hoje, antigamente, se chamava vidente.)

 

I Samuel 9 : 19 –  Samuel respondeu a Saul e disse: EU SOU O VIDENTE; sobe adiante de mim ao alto; hoje, comereis comigo. Pela manhã, te despedirei e tudo quanto está no teu coração to declararei.

 

Davi tinha um vidente.

 

II Samuel  24 : 11 –  Ao levantar-se Davi pela manhã, veio a palavra do SENHOR ao profeta Gade, VIDENTE de DAVI dizendo:

 

I Crônicas  21 : 9 –  Falou, pois, o SENHOR a Gade, O VIDENTE de DAVI, dizendo:….

 

Isaías era médium vidente

Isaías 1 : 1 –  VISÃO  de Isaías, filho de Amoz, que ele teve a respeito de Judá e Jerusalém, nos dias de Uzias, Jotão, Acaz e Ezequias, reis de Judá.

 

Moisés defende os médiuns Eldade e Medade :

Números 11 : 26  –  29

26  Porém, no arraial, ficaram dois homens; um se chamava ELDADE, e o outro, MEDADE.

Repousou sobre eles o Espírito, porquanto estavam entre os inscritos, ainda que não saíram à tenda; e profetizavam no arraial.

 

27  Então, correu um moço, e o anunciou a Moisés, e disse: Eldade e Medade profetizam no arraial.

28  Josué, filho de Num, servidor de Moisés, um dos seus escolhidos, respondeu e disse: Moisés, meu senhor, proíbe-lho.

 

29  Porém Moisés lhe disse: Tens tu ciúmes por mim?

Tomara todo o povo do SENHOR fosse profeta, que o SENHOR lhes desse o seu Espírito!

 
MÉDIUNS AUDIENTES : Esses ouvem os Espíritos, e transmitem o que ouvem.

É, algumas vezes, como se escutassem uma voz interna que lhes ressoasse no foro íntimo; doutras vezes é uma voz exterior, clara e distinta, qual a de uma pessoa viva ( encarnada).

 

Os médiuns audientes também podem conversar com os Espíritos. Quando se habituam a conversar com certos Espíritos, eles os reconhecem imediatamente pelo som da voz.

 

Daniel era médium vidente e audiente.

 

Daniel 8 : 13 –  Depois, OUVI um santo que falava; e disse outro santo àquele que falava: Até quando durará a visão do sacrifício diário e da transgressão assoladora, visão na qual é entregue o santuário e o exército, a fim de serem pisados?

 

Daniel 8 : 15 –   Havendo EU, DANIEL, TIDO UMA VISÃO , procurei entendê-la, e eis que se me apresentou diante uma como aparência de homem.

 

Daniel 10 : 4 –  7

4 – No dia vinte e quatro do primeiro mês, estando eu à borda do grande rio Tigre,

5 – levantei os olhos e OLHEI, e eis um homem vestido de linho, cujos ombros estavam cingidos de ouro puro de Ufaz;

6 – o seu corpo era como o berilo, o seu rosto, como um relâmpago, os seus olhos, como tochas de fogo, os seus braços e os seus pés brilhavam como bronze polido; e a  VOZ das suas palavras era como o estrondo de muita gente.

7 – Só eu, Daniel, tive aquela VISÃO ; os homens que estavam comigo nada viram; não obstante, caiu sobre eles grande temor, e fugiram e se esconderam.

 

Médiuns videntes.

 

Amós  1  : 1  –  Palavras que, em VISÃO, vieram a Amós,

 

Obadias  1 : 1  –  VISÃO   de Obadias.

 

Habacuque  2 : 2 –   O SENHOR me respondeu e disse: Escreve a VISÃO grava-a sobre tábuas, para que a possa ler até quem passa correndo.

 

Miquéias  1 : 1 –  Palavra do SENHOR que em VISÃO  veio a Miquéias

 

Zacarias  1 : 8 –   Tive de noite uma VISÃO,

 

 

Abraão era médium vidente e audiente

Gênesis  15  : 1 –  Depois destes acontecimentos, veio a palavra do SENHOR a Abrão, numa VISÃO e disse: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, e teu galardão será sobremodo grande.

 

Jó era médium vidente e audiente

 

Jó  4 : 15  –  16

15 – Então, um ESPÍRITO passou por diante de mim; fez-me arrepiar os cabelos do meu corpo;

16 – parou ele, mas não lhe discerni a aparência; um vulto estava diante dos meus olhos; houve silêncio, e OUVI uma voz:

 

Zacarias era médium vidente e audiente:

Zacarias  1 : 8 –  Tive de noite uma VISÃO ,………

Zacarias  1 : 9 – Então, perguntei: meu senhor, quem são estes? Respondeu-me o anjo que falava comigo: Eu te mostrarei quem são eles.

 

No Velho Testamento há ainda, muitos outros exemplos.

 

Exemplos  de Mediunidade no Novo Testamento :

 

Hebreus 1 : 13  –  14

13 – Ora, a qual dos ANJOS jamais disse: Assenta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos por estrado dos teus pés?

14 – Não são todos eles ESPÍRITOS ministradores, enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação?

 

Zacarias era médium vidente e audiente

Lucas 1 : 11 e 13

11 –  E eis que lhe apareceu um anjo do Senhor, em pé, à direita do altar do incenso.

13 –Disse-lhe, porém, o anjo: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida; e Isabel, tua mulher, te dará à luz um filho, a quem darás o nome de João.

 

Mediunidade de vidência e audiência

 

JESUS, Pedro, Tiago e João

 

Mateus  17 : 1 – 3

1 – Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro e aos irmãos Tiago e João e os levou, em particular, a um alto monte.

 

2 – E foi transfigurado diante deles; o seu rosto resplandecia como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz.

3 – E EIS QUE LHES APARECERAM MOISÉS E ELIAS, FALANDO COM ELES.

 

Marcos  9 : 4 –  APARECEU-LHES ELIAS COM MOISÉS, E ESTAVAM FALANDO COM JESUS.

 

Lucas  9 : 30 – 31

30 – EIS QUE DOIS VARÕES FALAVAM COM ELE (JESUS) : MOISÉS E ELIAS,

31 – os quais apareceram em glória e FALAVAM DA SUA PARTIDA,  que ele estava para cumprir em Jerusalém.

 

Lucas  22 : 42 – 43

42 – dizendo: PAI, se queres, passa de mim este cálice; contudo, não se faça a minha vontade, e sim a tua.

43 – ENTÃO, LHE APARECEU UM ANJO DO CÉU QUE O CONFORTAVA.

 

Obs.  : JESUS FALAVA COM ESPÍRITOS.

ESPÍRITOS, SIM, POIS MOISÉS MORREU E FOI ENTERRADO.

 

Deuteronômio  34 : 5 – 7

5 – Assim,  MORREU ALI MOISÉS, servo do SENHOR, na terra de Moabe, segundo a palavra do SENHOR.

7 – Tinha Moisés a idade de cento e vinte anos QUANDO MORREU; não se lhe escureceram os olhos, nem se lhe abateu o vigor.

 

NÃO HÁ NADA NA BÍBLIA, QUE DIGA QUE ELIAS NÃO MORREU.

 

II Reis  2 : 1 , 3 , 5 , 11 –  DIZ, APENAS, QUE ELIAS SUBIU AO CÉU NUM REDEMOINHO.

 

1Quando estava o SENHOR para tomar Elias ao céu por um redemoinho, Elias partiu de Gilgal em companhia de Eliseu.

3 – Então, os discípulos dos profetas que estavam em Betel saíram ao encontro de Eliseu e lhe disseram: Sabes que o SENHOR, hoje, tomará o teu senhor, elevando-o por sobre a tua cabeça? Respondeu ele: Também eu o sei; calai-vos.

5 – Então, os discípulos dos profetas que estavam em Jericó se chegaram a Eliseu e lhe disseram: Sabes que o SENHOR, hoje, tomará o teu senhor, elevando-o por sobre a tua cabeça? Respondeu ele: Também eu o sei; calai-vos.

11 – Indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho.

 

ONDE ESTÁ ESCRITO QUE ELIAS NÃO  MORREU ?

 

PORÉM, JESUS DECLAROU QUE ELIAS E JOÃO BATISTA ERAM O MESMO ESPÍRITO.

Isto é, usando a nova terminologia, JOÃO BATISTA ERA ELIAS REENCARNADO.

 

NEGAR ESTA VERDADE, É NEGAR AS PALAVRAS DE JESUS.

 

Zacarias – Médium vidente e  audiente.

Lucas 1  : 11 –  E eis que lhe apareceu um ANJO do Senhor, em pé, à direita do altar do incenso.

13 – Disse-lhe, porém, o anjo: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida; e Isabel, tua mulher, te dará à luz um filho, a quem darás o nome de João.

 

Maria, mãe de Jesus  – Médium vidente e audiente.

Lucas  1 : 28  – E, entrando o ANJO aonde ela estava, DISSE : Alegra-te, muito favorecida! O Senhor é contigo.

 

Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago – Médiuns videntes e audientes.

Mateus  28 : 5 –  Mas o ANJO dirigindo-se às mulheres, DISSE: Não temais; porque sei que buscais Jesus, que foi crucificado.

Marcos  16 : 9 –  Havendo ele ressuscitado de manhã cedo no primeiro dia da semana, apareceu primeiro a Maria Madalena, da qual expelira sete demônios.

 

Cornélio,(centurião da coorte chamada Italiana)- Médium vidente e audiente

 

Atos 10 : 3 – Esse homem observou claramente durante uma VISÃO , cerca da hora nona do dia, um anjo de Deus que se aproximou dele e lhe disse:

 

Paulo  – Médium vidente e audiente

 

Atos 18 : 9 –  Teve Paulo durante a noite uma VISÃO  em que o Senhor lhe disse: Não temas; pelo contrário, fala e não te cales;

 

MÉDIUNS DE EFEITOS FÍSICOS , os que têm o poder de provocar efeitos materiais, ou manifestações ostensivas.

 

Todos os onze apóstolos –  ( vidência, audiência e efeitos físicos)

 

Marcos 16 : 14 –  Finalmente, apareceu Jesus aos onze, quando estavam à mesa, e censurou-lhes a incredulidade e dureza de coração, porque não deram crédito aos que o tinham visto já ressuscitado.

 

MÉDIUNS FALANTES  (ou PSICOFÔNICOS) : O Espírito atua sobre os órgãos da palavra, como atua sobre a mão dos médiuns escreventes ou psicógrafos.

Em geral, o médium falante se exprime sem ter consciência do que diz e diz amiúde coisas inteiramente fora do âmbito de suas ideias habituais, de seus conhecimentos e, até fora do alcance da  sua inteligência.

 

Não é raro verem-se pessoas  iletradas e de inteligência vulgar expressar-se, em tais momentos, com verdadeira eloquência e, tratar com incontestável superioridade, de questões sobre as quais seriam incapazes de emitir, no estado ordinário, uma opinião.

 

Se bem esteja perfeitamente acordado quando exerce a sua faculdade, raro é que o médium falante guarde lembranças do que disse. Nem sempre, porém, é integral a sua passividade. Alguns há que têm intuição do que dizem, no próprio instante em que proferem as palavras.

 

Estêvão ( psicofonia)

 

Atos 6 : 9 – 10

9 – Levantaram-se, porém, alguns dos que eram da sinagoga chamada dos Libertos, dos cireneus, dos alexandrinos e dos da Cilícia e Ásia, e discutiam com Estêvão;

10 – e não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito, pelo qual ele falava.

 

Pedro – Médium de psicofonia, vidência e audiência.

 

Atos 4 : 8 – Então, Pedro, cheio do Espírito Santo, lhes disse: Autoridades do povo e anciãos,

Atos 10 : 19 – Enquanto meditava Pedro acerca da visão, disse-lhe o Espírito: Estão aí dois homens que te procuram;

 

Felipe ( vidência e audiência)

Atos 8 : 26, 29

26  Um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Dispõe-te e vai para o lado do Sul, no caminho que desce de Jerusalém a Gaza; este se acha deserto. Ele se levantou e foi.

29  Então, disse o Espírito a Filipe: Aproxima-te desse carro e acompanha-o.

 

Médiuns poliglotas ou de xenoglossia: os que têm  a faculdade de escrever ou falar, em línguas que lhe são desconhecidas.

 

Falar em outras línguas – Médiuns de Xenoglossia

Atos 2: 4 – Todos ficaram cheios do Espírito Santo e passaram a falar em outras línguas, segundo o Espírito lhes concedia que falassem.

 

O Apóstolo Paulo em I Coríntios nos fala sobre os dons mediúnicos:

 

I Coríntios 12

1 – A respeito dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.

4 – Ora, os dons são diversos, mas o Espírito é o mesmo.

5 – E também há diversidade nos serviços, mas o Senhor é o mesmo.

6 – E há diversidade nas realizações, mas o mesmo Deus é quem opera tudo em todos.

7 – A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso.

8 – Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria;

e a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento;

 

9 – a outro, no mesmo Espírito, a fé;

e a outro, no mesmo Espírito, dons de curar;

 

10 – a outro, operações de milagres;

a outro, profecia;

a outro, discernimento de espíritos;

a um, variedade de línguas;

e a outro, capacidade para interpretá-las.

 

11 – Mas um só e o mesmo Espírito realiza todas estas coisas, distribuindo-as, como lhe apraz, a cada um, individualmente.

12 – Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo.

27 – Ora, vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo.

 

28 – A uns estabeleceu Deus na igreja, primeiramente, apóstolos;

em segundo lugar, profetas;

em terceiro lugar, mestres;

depois, operadores de milagres;

depois, dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.

29 – Porventura, são todos apóstolos? Ou, todos profetas? São todos mestres? Ou, operadores de milagres?

30 – Têm todos dons de curar? Falam todos em outras línguas? Interpretam-nas todos?

31 – Entretanto, procurai, com zelo, os melhores dons. E eu passo a mostrar-vos ainda um caminho sobremodo excelente.

 

I Coríntios 14 : 1 – 3

 1 –  Segui o amor e procurai, com zelo, os dons espirituais, mas principalmente que profetizeis.

 2 – Pois quem fala em outra língua não fala a homens, senão a Deus, visto que ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.

 3 – Mas o que profetiza fala aos homens, edificando, exortando e consolando.

 

 

Orientações para reuniões mediúnicas e sobre a Mediunidade:

 

I João 4 : 1 – Amados, não deis crédito a qualquer espírito;

antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora.

 

Em O Evangelho segundo o Espiritismo Cap. XXVIII – item 4 e 5, há um ensinamento sobre a reunião, em nome de Jesus:

 

4. Onde quer que se encontrem duas ou três pessoas reunidas em meu nome, eu com elas estarei. (MATEUS, cap. XVIII, v. 20.)

 

5. PREFÁCIO. Estarem reunidas, em nome de Jesus, duas, três ou mais pessoas, não quer dizer que basta se achem materialmente juntas. É preciso que o estejam espiritualmente, em comunhão de intentos e de idéias, para o bem.

Jesus, então, ou os Espíritos puros, que o representam, se encontrarão na assembléia.

 

O Espiritismo nos faz compreender como podem os Espíritos achar-se entre nós. Comparecem com seu corpo fluídico ou espiritual e sob a aparência que nos levaria a reconhecê-los, se se tornassem visíveis.

Quanto mais elevados são na hierarquia espiritual, tanto maior é neles o poder de irradiação.

 

É assim que possuem o dom da ubiquidade e que podem estar simultaneamente em muitos lugares, bastando para isso que enviem a cada um desses lugares um raio de suas mentes.

 

Dizendo as palavras acima transcritas, quis Jesus revelar o efeito da união e da fraternidade.

 

O que o atrai não é o maior ou menor número de pessoas que se reúnam, pois, em vez de duas ou três, houvera ele podido dizer dez ou vinte, mas o sentimento de caridade que reciprocamente as anime. Ora, para isso, basta que elas sejam duas.

 

Contudo, se essas duas pessoas oram cada uma por seu lado, embora dirigindo-se ambas a Jesus, não há entre elas comunhão de pensamentos, sobretudo se ali não estão sob o influxo de um sentimento de mútua benevolência.

 

Se se olham com prevenção, com ódio, inveja ou ciúme, as correntes fluídicas de seus pensamentos, longe de se conjugarem por um comum impulso de simpatia, repelem-se.

Nesse caso, não estarão reunidas em nome de Jesus, que, então, não passa de pretexto para a reunião, não o tendo esta por verdadeiro motivo. (Cap. XXVII, nº 9.)

 

Isso não significa que ele se mostre surdo ao que lhe diga uma única pessoa;

e se ele não disse: “Atenderei a todo aquele que me chamar”, é que, antes de tudo, exige o amor do próximo;

e desse amor mais provas podem dar-se quando são muitos os que exoram ( imploram), com exclusão de todo sentimento pessoal, e não um apenas.

 

Segue-se que, se, numa assembléia numerosa, somente duas ou três pessoas se unem de coração, pelo sentimento de verdadeira caridade, enquanto as outras se isolam e se concentram em pensamentos egoísticos ou mundanos, ele estará com as primeiras e não com as outras.

 

Não é, pois, a simultaneidade das palavras, dos cânticos ou dos atos exteriores que constitui a reunião em nome de Jesus, mas a comunhão de pensamentos, em concordância com o espírito de caridade que ele personifica. (Capítulo X, nº 7 e nº 8; cap. XXVII, nº 2 a nº 4.)

 

Tal o caráter de que devem revestir-se as reuniões espíritas sérias, aquelas em que sinceramente se deseja o concurso dos bons Espíritos.

 

 Em O Evangelho segundo o Espiritismo Cap.XXI – Falsos Cristos e Falsos Profetas – itens 6 e 7 , há outro  ensinamento :

 

I João 4 : 1 – Amados, não deis crédito a qualquer espírito;

antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora.

 

O Espiritismo revela outra categoria bem mais perigosa de falsos Cristos e de falsos profetas, que se encontram, não entre os homens, mas entre os desencarnados:

a dos Espíritos enganadores, hipócritas, orgulhosos e pseudo-sábios, que passaram da Terra para a erraticidade e tomam nomes venerados para, sob a máscara de que se cobrem, facilitarem a aceitação das mais singulares e absurdas idéias.

 

Antes que se conhecessem as relações mediúnicas, eles atuavam de maneira menos ostensiva, pela inspiração, pela mediunidade inconsciente, audiente ou falante.

É considerável o número dos que, em diversas épocas, mas, sobretudo, nestes últimos tempos, se hão apresentado como alguns dos antigos profetas, como o Cristo, como Maria, sua mãe, e até como Deus.

 

S. João adverte contra eles os homens, dizendo: “Meus bem-amados, não acrediteis em todo Espírito; mas, experimentai se os Espíritos são de Deus, porquanto muitos falsos profetas se tem levantado no mundo.”

 

O Espiritismo nos faculta os meios de experimentá-los, apontando os caracteres pelos quais se reconhecem os bons Espíritos,

caracteres sempre morais, nunca materiais (1).

 

(1) Ver, sobre a maneira de se distinguirem os Espíritos: O Livro dos Médiuns, 2ª Parte, cap. XXIV e seguintes.

 

É a maneira de se distinguirem dos maus os bons Espíritos que, principalmente, podem aplicar-se estas palavras de Jesus:

“Pelo fruto é que se reconhece a qualidade da árvore; uma árvore boa não pode produzir maus frutos, e uma árvore má não os pode produzir bons.”

 

Julgam-se os Espíritos pela qualidade de suas obras, como uma árvore pela qualidade dos seus frutos.

 

 

Em O Livro dos Médiuns há um texto sobre as características dos Espíritos :

 

“Qualquer que seja a confiança legítima que vos inspirem os Espíritos que presidem aos vossos trabalhos, uma recomendação há que nunca será demais repetir e que deveríeis ter presente sempre na vossa lembrança, quando vos entregais aos vossos estudos:

 

é a de pesar e meditar, é a de submeter ao cadinho da razão mais severa todas as comunicações que receberdes;

é a de não deixardes de pedir as explicações necessárias a formardes opinião segura, desde que um ponto vos pareça suspeito, duvidoso ou obscuro.” São Luís.

 

Os Espíritos superiores usam sempre de uma linguagem digna, nobre, elevada, sem eiva de trivialidade;

tudo dizem com simplicidade e modéstia, jamais se vangloriam, nem se jactam de seu saber, ou da posição que ocupam entre os outros.

 

A dos Espíritos inferiores ou vulgares sempre algo refletem das paixões humanas.

 

Toda expressão que denote baixeza, pretensão, arrogância, fanfarronice, acrimônia (aspereza), é indício característico de inferioridade e de embuste, se o Espírito se apresenta com um nome respeitável e venerado.

 

—————————————————————————————————————-

 

O próximo Post será sobre Passe = Imposição de Mãos ( Mediunidade de Cura).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: