O Espiritismo é Ciência

24 out

O Espiritismo é Ciência

 

WW escreve :

 

 

“Fenômenos Espíritas”

“Dizer que existem “provas” de fenômenos Espíritas é chamar a comunidade científica de idiotas. Se houvesse uma ÚNICA prova de um fenômeno mediúnico ou de reencarnação, esses fenômenos estariam sendo estudados por cientistas de verdade e não por “cientistas” Espíritas”.

 

Vê-se que WW está completamente, defasado em relação às pesquisas científicas. Até na Internet,  encontrará muito material para ler.

 

 Como WW está repetindo o tema e eu já coloquei  antes algumas informações sobre Espiritismo e Ciência, retirei apenas alguns trechos, para relembrá-lo.

 

Transcomunicação Instrumental

 No livro A Reencarnação segundo a Bíblia e a Ciência – José Reis Chaves nos explica o que é a Transcomunicação Instrumental:

 

 A Transcomunicação ( Transcomunication) é, hoje, outra ciência que, de certo modo, reforça a ideia da reencarnação,pois nos mostra que a nossa vida não acaba com a morte do corpo.

 

Consiste na manifestação de um morto, pela voz e imagem, por meio de instrumentos eletrônicos, como rádio e TV, que não estejam sintonizados com nenhuma emissora.

 

Trata-se de um fenômeno espontâneo e que tem acontecido muito no chamado Primeiro Mundo.

Outros aparelhos usados na transcomunicação são o telefone, o gravador, o vidicom e o espíricom. E há uma vasta literatura internacional sobre o assunto no Primeiro Mundo.

 

 O padre jesuíta francês François Brune, físico,é um cientista de fama internacional nas pesquisas científicas dessa área,

ao lado do físico alemão, Ernst Senkowski,

do parapsicólogo suíço, Teo Locher,

e da Dra. Maggy Harsch, de Luxemburgo.

 

Na Internet há vários sites, onde encontramos textos sobre a Transcomunicação Instrumental.

 

Vejamos este, onde WW poderá constatar que, não são só cientistas espíritas que estudam o assunto :

 

TCI – Projeto científico

 

PROJETO CIENTíFICO É APROVADO

 

O GAIT Associação Global de Transcomunicação_Instrumental_(TCI)  firmou acordo de cooperação com o IONS – Institute of Noetic Sciences, da California, Estados Unidos, para o projeto de autenticação científica de comunicações entre dimensões da Realidade.

 

O anúncio da união foi feito pela Dra. Marilyn Schlitz, Diretora de Pesquisa do IONS, e Dr.Dale Palmer, Coordenador Internacional do GAIT.

 

O GAIT é uma associação de experimentadores, técnicos, teóricos e demais pessoas interessadas de todo o mundo,

que se uniram com o propósito de autenticar cientificamente as transcomunicações.

 

O IONS é uma organização que foi fundada pelo astronauta Ed Mitchell para perfazer a ponte entre Ciência e Religião.

O Dr. Mitchell decidiu por formar esse centro de pesquisa depois de sua experiência espiritual enquanto caminhava na lua, há 25 anos atrás.

 

Atualmente, o IONS é dirigido pelo Dr. Winston Franklin, como presidente, e se compõe de um quadro de aproximadamente 50.000 pessoas em todo o mundo.

 

Dentre elas figuram muitos dos mais eminentes cientistas de nossos dias.

 

 

O IONS pesquisa e patrocina muitos projetos de Ciência de ponta.

 

Na América do Sul, o GAIT é representado pela Coordenadora Regional da América do Sul, Sonia_Rinaldi, de São Paulo, Brasil.

 

Ela anunciou seu apoio bem como dos experimentadores de associação que ela representa no seu país ,(ANTAssociação Nacional de Transcomunicadores) nas pesquisas científicas que o GAIT desenvolverá, na busca de avalizar cientificamente a realidade do fenômeno da TCI.

 

O jornalista Jorge Rizzini, do Jornal Espírita – órgão de divulgação da FEESP – Federação Espírita de São Paulo, conversou recentemente com a coordenadora da ANT, Sonia Rinaldi.

http://www.anttci.hpg.ig.com.br/rizzini.htm

 

A Dra. Schlitz, do IONS, já está contratando cientistas super-top para assumirem o projeto, e pretende anunciar o planejamento de execução do projeto no início do próximo ano.

Várias visitas dos cientistas terão lugar, para conhecer os experimentadores e seus resultados e métodos.

 

Dentre os itens já incluídos está a construção de Laboratório com todas as especificações que garantam a não interferência externa, para se reproduzir o fenômeno sob controle.

 

O Dr. Palmer diz que centenas de pessoas no mundo se comunicam com outras dimensões por diversos recursos eletrônicos.

O propósito da união GAIT-IONS é autenticar cientificamente tais contatos usando metodologia científica de controle.

 

Com isso busca-se provar de forma ampla que o homem não morre.

Que ele prossegue em consciência individual em outros níveis dimensionais, como dito pelo mestre Jesus.

 

Mais informações serão adicionadas sempre que o projeto galgar novo estágio.

http://www.anttci.hpg.ig.com.br/ionsport.htm

 

Também, encontramos um texto sobre Escotografia:

 

Escotografia

 

Antonio Elegido. Revista de Parapsicologia 16
http://oepnet.sites.uol.com.br/escotografia.htm

 

Escotografia (Skotos=obscuro e grafein=escrever), é o termo proposto porFelícia_Scatcherd no Primeiro Congresso Internacional de Pesquisas Psíquicas realizado em Copenhague. Seria impressão no escuro, em oposição à fotografia propriamente dita, que é a impressão pela luz.

 

Poderíamos classificar a escotografia, como método de ajuda para pesquisar a fenomenologia_parapsicológica, visando o processo técnico por meio do qual se obtém as fotografias.

Ou mais exatamente, segundo a natureza das radiações pelas quais seria impressionada a chapa fotográfica.

 

Deste modo, a classificação é a seguinte:

 

       Fotografias de objetos visíveis capazes de impressionar não só as chapas fotográficas como também nossa retina.

 

       Fotografias de objetos invisíveis que apesar de incapazes de impressionar nossa retina, deixariam seus vestígios nas chapas fotográficas.

 

As primeiras seriam chamadas fotografias parapsicológicas.

 

As segundas, objeto de nosso estudo, são as escotografias, ou também chamadas:

 

       “fotografias espíritas”,

       “fotografia transcendental”, “

       “fotofrafia do pensamento”,

       “psicofotografia”.

 

Tudo o que é visível para a objetiva da máquina fotográfica e susceptível de ser reproduzido na fotografia, deve necessariamente, por essa mesma razão, ser visível ao olho humano?


Devemos responder que realmente existem coisas totalmente invisíveis ao olho humano, e que, porém, podem ser fotografadas.

 

Por exemplo, num quarto ao qual só tem acesso os raios ultra-violetas do espectro solar, uma fotografia pode ser tirada por meio dessa “luz escura”.

Num quarto assim iluminado, os objetos são claramente visíveis para a lente da câmara escura; em todos os casos eles podem ser reproduzidos sem que a mínima claridade seja percebida pelo olho humano.

 

A dramatização mais frequente foi a de atribuir as escotografias aos espíritos dos mortos. Com isto, houve uma grande dificuldade no campo da pesquisa, dado que a maioria da bibliografia existente denota uma grande falta de objetividade por estar mesclada de paixões religiosas que dificultam um trabalho objetivo e eficiente.

 

Charles_Richet e o Dr. Geley  experimentaram com o dotado Pasquale Erto, em condições muito satisfatórias.

 

Obtiveram escotografias para o Instituto Metapsíquico Internacional de Paris.

O célebre investigador René Sudré concluiu: “O controle exclui absolutamente a possibilidade de fraude. Trata-se de autênticos fenômenos de escotografias”.

 

Telergia

 

A Telergia, energia somática pode se exteriorizar e tornar-se inclusive visível (ectoplasma) dirigida pela psicobulia ( vontade inconsciente).

 
O ectoplasma, pouco denso, e por isso invisível, formaria a imagem, a idéia plasmada que aparece nas fotografias.

 

 

Esse ectoplasma que forma a imagem tem sido visto e fotografado, no começo, em forma de vapor nebuloso, luminoso, condensando-se depois, pouco a pouco e adquirindo contornos mais definidos.

 

 

Em outros Posts sobre Espiritismo e Ciência, demonstrei que até a Física Quântica tem provado o que o Espiritismo nos ensinou, já no século XIX.

 

 

No próximo Post, responderei a algumas “dúvidas” de WW sobre Chico Xavier.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: