Relações de simpatia e antipatia dos Espíritos.

2 dez

 

Relações de simpatia e antipatia dos Espíritos.

 

Livro : O Livro dos Espíritos2ª ParteMundo dos EspíritosCap. VI – Da vida espírita.

 

291 Além da simpatia geral de afinidade, os Espíritos têm entre si afeições particulares?

Sim, como entre os homens.

Mas o laço que une os Espíritos é mais forte quando estão livres do corpo, por não estarem mais expostos às alterações e volubilidades das paixões.

 

Lucas 9 : 29 – 31

29 –  E aconteceu que, enquanto ele orava, a aparência do seu rosto se transfigurou e suas vestes resplandeceram de brancura.

30 –   Eis que dois varões falavam com ele: Moisés e Elias,

31 –   os quais apareceram em glória e falavam da sua partida, que ele estava para cumprir em Jerusalém.

 

292 Há ódio entre os Espíritos?

Somente há ódio entre os Espíritos impuros, e são eles que provocam entre vós as inimizades e as desavenças.

 

Efésios  6 : 12 porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso,

contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.

 

293 Dois seres que foram inimigos na Terra conservarão ressentimentos um contra o outro no mundo dos Espíritos?

Não. Eles compreenderão que seu ódio era uma tolice e o motivo, pueril.

Apenas os Espíritos imperfeitos conservam um certo rancor até que estejam depurados.

 

Se foi unicamente por um interesse material que se tornaram inimigos, não pensarão mais nisso, ainda que estejam pouco desmaterializados.

Se não há antipatia entre eles, o motivo de discussão não mais existindo, podem se rever com prazer.

 

Como dois escolares que atingiram a idade da razão reconhecem a infantilidade das brigas que tiveram na infância e deixam de se malquerer.

 

294 A recordação das más ações que dois homens praticaram um contra o outro é um obstáculo à simpatia?

Sim, isso os leva a se distanciarem.

 

295 Que sentimento têm após a morte aqueles a quem fizemos mal aqui na Terra?

Se são bons, perdoam de acordo com o vosso arrependimento.

 

Se são maus, é possível que conservem ressentimento e algumas vezes até vos persigam numa outra existência.

Isso pode representar uma punição, uma provação.

 

Lucas 11 : 24  – 26

24 –  Quando o espírito imundo sai do homem, anda por lugares áridos, procurando repouso;

e, não o achando, diz:   Voltarei para minha casa, donde saí.

 

25 –  E, tendo voltado, a encontra varrida e ornamentada.

 

26 –  Então, vai e leva consigo outros sete espíritos, piores do que ele, e, entrando, habitam ali; 

e o último estado daquele homem se torna pior do que o primeiro.

 

Observação : Espírito imundo, significa, espírito imperfeito.

 

Fazendo-se um pequeno estudo de strongs pela Bíblia on line, temos :

 

24  Quando <3752> o espírito <4151> imundo <169>

 

169 akayartov akathartos

 

1) não purificado, sujo, imundo

em um sentido moral: de pensamento e vida impuros

 

Observação 2 : Como notei que ainda não apresentei um estudo sobre a escala espírita, vou colocar, apenas, algumas informações sobre os espíritos imperfeitos.

 

Terceira ordem – Espíritos imperfeitos

 

101 Características gerais

 

Predominância da matéria sobre o Espírito.

Propensão ao mal.

Ignorância, orgulho, egoísmo e todas as más paixões que são suas consequências.

 

Eles têm a intuição de Deus, mas não o compreendem.

 

Nem todos são essencialmente maus.

Entre alguns há mais leviandade, inconsequência e malícia do que verdadeira maldade.

 

Alguns não fazem o bem nem o mal;

mas, apenas pelo fato de não fazerem o bem, já demonstram sua inferioridade.

 

Outros, ao contrário, se comprazem no mal e ficam satisfeitos quando encontram a ocasião de o fazer.

 

Podem aliar a inteligência à maldade ou à malícia;

mas qualquer que seja seu desenvolvimento intelectual, suas ideias são pouco elevadas e seus sentimentos mais ou menos inferiores.

 

303 Os Espíritos que não são simpáticos hoje podem tornar-se mais tarde?

Sim, todos o serão.

Assim, o Espírito que está hoje numa esfera inferior, ao se aperfeiçoar, alcançará a esfera onde está o outro.

 

Seu reencontro acontecerá mais prontamente se o que está num grau mais evoluído permanecer estacionário por não ter conseguido superar as provas a que se submeteu.

 

Hebreus 12 : 22 – 23

22  Mas tendes chegado ao monte Sião e à cidade do Deus vivo, a Jerusalém celestial, e a incontáveis hostes de anjos, e à universal assembleia

23  e igreja dos primogênitos arrolados nos céus, e a Deus, o Juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados,

 

II Coríntios 13 : 9 , 11

Porque nos regozijamos quando nós estamos fracos e vós, fortes;

e isto é o que pedimos: o vosso aperfeiçoamento.

 

11  Quanto ao mais, irmãos, adeus!

Aperfeiçoai-vos, consolai-vos, sede do mesmo parecer, vivei em paz;

e o Deus de amor e de paz estará convosco.

 

I Pedro 5 : 10 – Ora, o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de terdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar.

 

303 a Dois Espíritos simpáticos podem deixar de sê-lo?

Certamente, se um deles for preguiçoso.

 

Livro : O Evangelho segundo o EspiritismoCap. XBem aventurados os misericordiosos.

 

Reconciliação com os adversários

 

5. Reconciliai-vos o mais depressa possível com o vosso adversário, enquanto estais com ele a caminho, para que ele não vos entregue ao juiz, o juiz não vos entregue ao ministro da justiça e não sejais metido em prisão.

Digo-vos, em verdade, que daí não saireis, enquanto não houverdes pago o último ceitil. ( MATEUS,  V,  25 e 26.)

 

Ceitil :

1. Centavo

2. P.ext. Quantia ínfima.


3. Fig. Insignificância, ninharia.

 

6. Na prática do perdão, como, em geral, na do bem, não há somente um efeito moral: há também um efeito material.

 

A morte, como sabemos, não nos livra dos nossos inimigos;

os Espíritos vingativos perseguem, muitas vezes, com seu ódio, no além-túmulo, aqueles contra os quais guardam rancor;

 

donde decorre a falsidade do provérbio que diz: “Morto o animal, morto o veneno”, quando aplicado ao homem.

 

O Espírito mau espera que o outro, a quem ele quer mal, esteja preso ao seu corpo e, assim, menos livre, para mais facilmente o atormentar, ferir nos seus interesses, ou nas suas mais caras afeições.

 

Nesse fato reside a causa da maioria dos casos de obsessão, sobretudo dos que apresentam certa gravidade, quais os de subjugação e possessão.

 

O obsidiado e o possesso são, pois, quase sempre vítimas de uma vingança, cujo motivo se encontra em existência anterior, e à qual o que a sofre deu lugar pelo seu proceder.

 

Marcos 1 : 23  – 26

23  Não tardou que aparecesse na sinagoga um homem possesso de espírito imundo, o qual bradou:

 

24  Que temos nós contigo, Jesus Nazareno?

Vieste para perder-nos?

Bem sei quem és: o Santo de Deus!

 

25  Mas Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te e sai desse homem.

 

26  Então, o espírito imundo, agitando-o violentamente e bradando em alta voz, saiu dele.

 

Marcos 9 : 17  – 29

7  E um, dentre a multidão, respondeu: Mestre, trouxe-te o meu filho, possesso de um espírito mudo;

18  e este, onde quer que o apanha, lança-o por terra, e ele espuma, rilha os dentes e vai definhando. Roguei a teus discípulos que o expelissem, e eles não puderam.

 

19  Então, Jesus lhes disse: Ó geração incrédula, até quando estarei convosco?

Até quando vos sofrerei? Trazei-mo.

 

20  E trouxeram-lho; quando ele viu a Jesus, o espírito imediatamente o agitou com violência, e, caindo ele por terra, revolvia-se espumando.

 

21  Perguntou Jesus ao pai do menino: Há quanto tempo isto lhe sucede? Desde a infância, respondeu;

22  e muitas vezes o tem lançado no fogo e na água, para o matar; mas, se tu podes alguma coisa, tem compaixão de nós e ajuda-nos.

 

23  Ao que lhe respondeu Jesus:

Se podes! Tudo é possível ao que crê.

 

24  E imediatamente o pai do menino exclamou com lágrimas: Eu creio! Ajuda-me na minha falta de fé!

 

25  Vendo Jesus que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai deste jovem e nunca mais tornes a ele.

 

26  E ele, clamando e agitando-o muito, saiu, deixando-o como se estivesse morto, a ponto de muitos dizerem: Morreu.

27  Mas Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou.

 

28  Quando entrou em casa, os seus discípulos lhe perguntaram em particular: Por que não pudemos nós expulsá-lo?

 

29  Respondeu-lhes: Esta casta não pode sair senão por meio de oração e jejum.

 

 

Deus o permite, para os punir do mal que a seu turno praticaram, ou, se tal não ocorreu, por haverem faltado com a indulgência e a caridade, não perdoando.

 

Importa, conseguintemente, do ponto de vista da tranquilidade futura, que cada um repare, quanto antes, os agravos que haja causado ao seu próximo,

que perdoe aos seus inimigos, a fim de que, antes que a morte lhe chegue, esteja apagado qualquer motivo de dissensão, toda causa fundada de ulterior animosidade.

 

Por essa forma, de um inimigo encarniçado neste mundo se pode fazer um amigo no outro;

pelo menos, o que assim procede põe de seu lado o bom direito e Deus não consente que aquele que perdoou sofra qualquer vingança.

 

Quando Jesus recomenda que nos reconciliemos o mais cedo possível com o nosso adversário, não é somente objetivando apaziguar as discórdias no curso da nossa atual existência;

é, principalmente, para que elas se não perpetuem nas existências futuras.

 

Não saireis de lá, da prisão, enquanto não houverdes pago até o último centavo, isto é, enquanto não houverdes satisfeito completamente a justiça de Deus.

 

Observação :

Perante a “Justiça” humana, no Brasil, o condenado fica na prisão, apenas 1/6 da pena, ou, nem fica preso, em alguns casos.

Mas, vimos, que da JUSTIÇA DIVINA, ele não escapará.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: