SONAMBULISMO

23 ago

SONAMBULISMO

 

Sonambulismo (Do francês somnambulisme) : O estado ou doença do sonâmbulo.

 

Sonâmbulo ( Do francês somnambule) : Diz-se da pessoa que anda, fala e se levanta durante o sono; noctâmbulo

 

 

Livro : O Livro dos EspíritosParte 2ª – Cap. VIIIDA EMANCIPAÇÃO DA ALMA.

 

Sonambulismo

425 O sonambulismo natural tem relação com os sonhos? Como se pode explicá-lo?

É uma situação de independência do Espírito mais completa do que no sonho, porque então suas faculdades abrangem maior amplidão e passa a ter percepções que não tem no sonho, que é um estado de sonambulismo imperfeito.

 

No sonambulismo, o Espírito atinge a plena posse de si, é inteiramente ele mesmo;

os órgãos materiais, estando de alguma forma em catalepsia, não recebem mais as impressões exteriores.

 

Esse estado se manifesta principalmente durante o sono.

É o momento em que o Espírito pode deixar provisoriamente o corpo, estando este entregue ao indispensável repouso da matéria.

 

Quando os fatos do sonambulismo se produzem, é que o Espírito, preocupado com uma coisa ou outra, se entrega a uma ação qualquer que necessita da utilização de seu corpo, do qual se serve, então, de uma maneira semelhante ao que se faz com uma mesa ou com qualquer outro material no fenômeno das manifestações físicas, ou até mesmo de vossa mão, no caso das comunicações escritas.

 

Nos sonhos de que se tem consciência, os órgãos, incluindo o da memória, começam a despertar e recebem imperfeitamente as impressões produzidas pelos objetos ou as causas exteriores e as comunicam ao Espírito, que, em repouso, não se apercebe a não ser de sensações confusas e frequentemente sem nexo e sem nenhuma razão de ser aparente, misturadas que estão com vagas lembranças, seja desta ou de existências anteriores.

 

Fica então fácil compreender por que os sonâmbulos, enquanto no estado sonambúlico, não têm nenhuma lembrança do que ocorreu, e por que os sonhos, dos quais se conserva a memória, não têm muitas vezes o menor sentido.

 

Digo muitas vezes, porque pode acontecer que sejam a consequência de uma lembrança precisa de acontecimentos de uma vida anterior e, algumas vezes, até mesmo uma espécie de intuição do futuro.

 

426 O sonambulismo chamado magnético tem relação com o sonambulismo natural?

É a mesma coisa;

a diferença é que ele é provocado.

 

427 Qual é a natureza do agente chamado fluido magnético?

Fluido vital, eletricidade animalizada, que são modificações do fluido universal.

Observação : Ver Post sobre Fluidos.

 

428 Qual é a causa da clarividência sonambúlica?

Já dissemos: é a alma que vê.

 

429 Como o sonâmbulo pode ver através de corpos opacos?

Não há corpos opacos a não ser para vossos órgãos grosseiros;

já dissemos que, para o Espírito, a matéria não é obstáculo, uma vez que a atravessa livremente.

 

Frequentemente, o sonâmbulo diz que vê pela fronte, pelo joelho, etc., porque vós, inteiramente presos à matéria, não compreendeis que se possa ver sem o auxílio dos órgãos da visão.

Ele mesmo, pelo desejo que tendes, acredita ter necessidade desses órgãos, mas se o deixásseis livre compreenderia que vê por todas as partes de seu corpo ou, melhor dizendo, vê de fora de seu corpo.

 

430 Uma vez que a clarividência do sonâmbulo é de sua alma ou seu Espírito, por que não vê tudo e por que se engana frequentemente?

Inicialmente, não é dado aos Espíritos imperfeitos tudo ver e conhecer;

sabeis que eles ainda participam de vossos erros e preconceitos.

 

Além disso, quando estão ligados à matéria, não usufruem de todos os dons ou faculdades do Espírito.

 

Deus deu ao homem a faculdade do sonambulismo com um objetivo útil e sério e não para o que não deve saber;

eis por que os sonâmbulos não podem dizer tudo.

 

Clarividência : É a faculdade pela qual a pessoa vê os Espíritos com grande clareza.

 

431 Qual a origem das ideias inatas do sonâmbulo e como ele pode falar com exatidão de coisas que ignora quando acordado, que estão acima até mesmo de sua capacidade intelectual?

Acontece que o sonâmbulo possui mais conhecimentos do que supondes e apenas se acham adormecidos, porque seu corpo é um entrave para que possa se lembrar das coisas.

 

Mas, afinal, o que é ele?

Como nós, é um Espírito encarnado na matéria para cumprir sua missão e o estado em que entra o desperta dessa letargia.

 

Nós vos dissemos, repetidamente, que vivemos muitas vezes;

é essa mudança que faz o sonâmbulo e qualquer outro Espírito perder materialmente o que pôde aprender em uma existência anterior.

 

Ao entrar no estado que chamais de transe, ele se recorda, mas nem sempre de uma maneira completa;

sabe, mas não poderia dizer de onde lhe vem o que sabe nem como possui esses conhecimentos.

Passado o transe, toda lembrança se apaga e ele volta à obscuridade.

 

A experiência mostra que os sonâmbulos também recebem comunicações de outros Espíritos que lhes transmitem o que devem dizer e suprem sua insuficiência.

 

Jó  33  : 14  – 18

14 –  Pelo contrário, Deus fala de um modo, sim, de dois modos, mas o homem não atenta para isso.

 

15 –  Em sonho ou em visão de noite, quando cai sono profundo sobre os homens, quando adormecem na cama,

 

16 –  então, lhes abre os ouvidos e lhes sela a sua instrução,

 

17 –  para apartar o homem do seu desígnio e livrá-lo da soberba;

18 –  para guardar a sua alma da cova e a sua vida de passar pela espada.

 

 

Isso se vê especialmente nas prescrições médicas:

o Espírito do sonâmbulo vê o mal, um outro lhe indica o remédio.

 

Essa dupla ação é algumas vezes evidente e se revela, de forma clara, por essas expressões bastante frequentes: dizem-me para dizer, proíbem-me de dizer tal coisa.

 

Nesse último caso, há sempre perigo em insistir para obter uma revelação recusada, visto que então são apanhados por Espíritos levianos que falam de tudo sem escrúpulo e sem se preocuparem com a verdade.

 

432 Como explicar a visão à distância em alguns sonâmbulos?

A alma não se transporta durante o sono?

O mesmo acontece no sonambulismo.

 

433 O desenvolvimento maior ou menor da clarividência sonambúlica prende-se à organização física ou à natureza do Espírito encarnado?

A ambas.

Existem disposições físicas que permitem ao Espírito se desprender mais ou menos da matéria.

 

434 As faculdades, os dons dos quais desfruta o sonâmbulo, são as mesmas que o Espírito tem após a morte?

Até certo ponto, porque é preciso levar em conta a influência da matéria à qual ainda está ligado.

 

435 O sonâmbulo pode ver os outros Espíritos?

A maioria os vê muito bem, isso depende do grau e da natureza de sua lucidez, mas algumas vezes não se dá conta disso de início e os toma por seres corpóreos.

 

Isso acontece principalmente com aqueles que não possuem nenhum conhecimento do Espiritismo.

Ainda não compreendem a essência dos Espíritos.

Isso os espanta e eis por que acreditam estar vendo pessoas vivas.

 

O mesmo efeito se produz no momento da morte naqueles que acreditam ainda estarem vivos.

Nada a seu redor parece mudado, os Espíritos lhe parecem ter corpo semelhante ao nosso e tomam a aparência do próprio corpo como um corpo real.

 

436 O sonâmbulo que vê à distância vê do ponto em que está seu corpo ou daquele em que está sua alma?

Por que perguntais, uma vez que sabeis que é a alma que vê e não o corpo?

 

437 Uma vez que é a alma que se transporta, como pode o sonâmbulo experimentar em seu corpo as sensações de calor e frio do lugar onde se encontra sua alma, e que está, muitas vezes, bem longe de seu corpo?

A alma não deixou inteiramente o corpo;

está sempre ligada a ele por um laço que é o condutor das sensações.

 

Eclesiastes  12  :  6  – 7

6 –  antes que se rompa o fio de prata, e se despedace o copo de ouro, e se quebre o cântaro junto à fonte, e se desfaça a roda junto ao poço,

7 –  e o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu.

 

Quando duas pessoas se correspondem de uma cidade a outra por meio da eletricidade, é a eletricidade o laço entre seus pensamentos.

Por esse laço se comunicam como se estivessem ao lado uma da outra.

 

438 O uso que um sonâmbulo faz de sua faculdade influi sobre o estado de seu Espírito após sua morte?

Muito, como o bom ou o mau uso de todas as faculdades que Deus deu ao homem.

 

 

Livro : O Livro dos Médiuns Cap. XIV DOS MÉDIUNS.

 

6. Médiuns sonambúlicos

172. Pode considerar-se o sonambulismo uma variedade da faculdade mediúnica, ou, melhor, são duas ordens de fenômenos que frequentemente se acham reunidos.

 

O sonâmbulo age sob a influência do seu próprio Espírito;

é sua alma que, nos momentos de emancipação, vê, ouve e percebe, fora dos limites dos sentidos.

 

O que ele externa tira-o de si mesmo;

suas ideias são, em geral, mais justas do que no estado normal, seus conhecimentos mais dilatados, porque tem livre a alma.

Numa palavra, ele vive antecipadamente a vida dos Espíritos.

 

O médium, ao contrário, é instrumento de uma inteligência estranha;

é passivo e o que diz não vem de si.

 

Em resumo, o sonâmbulo exprime o seu próprio pensamento,

enquanto que o médium exprime o de outrem.

 

Mas, o Espírito que se comunica com um médium comum também o pode fazer com um sonâmbulo;

dá-se mesmo que, muitas vezes, o estado de emancipação da alma facilita essa comunicação.

 

Muitos sonâmbulos veem perfeitamente os Espíritos e os descrevem com tanta precisão, como os médiuns videntes.

Podem confabular com eles e transmitir-nos seus pensamentos.

 

O que dizem, fora do âmbito de seus conhecimentos pessoais, lhes é com frequência sugerido por outros Espíritos.

 

Aqui está um exemplo notável, em que a dupla ação do Espírito do sonâmbulo e de outro Espírito se revela e de modo inequívoco.

 

 

173. Um de nossos amigos tinha como sonâmbulo um rapaz de 14 a 15 anos, de inteligência muito vulgar e instrução extremamente escassa.

 

Entretanto, no estado de sonambulismo, deu provas de lucidez extraordinária e de grande perspicácia.

Excedia, sobretudo, no tratamento das enfermidades e operou grande número de curas consideradas impossíveis.

 

Certo dia, dando consulta a um doente, descreveu a enfermidade com absoluta exatidão.

Não basta, disseram-lhe, agora é preciso que indiques o remédio.

Não posso, respondeu, meu anjo doutor não está aqui.

Quem é esse anjo doutor de quem falas? – O que dita os remédios.

Não és tu, então, que vês os remédios? – Oh! não; estou a dizer que é o meu anjo doutor quem mos dita.

 

Assim, nesse sonâmbulo, a ação de ver o mal era do seu próprio Espírito que, para isso, não precisava de assistência alguma;

a indicação, porém, dos remédios lhe era dada por outro.

 

Não estando presente esse outro, ele nada podia dizer.

Quando só, era apenas sonâmbulo;

assistido por aquele a quem chamava seu anjo doutor, era sonâmbulo-médium.

 

 

174. A lucidez sonambúlica é uma faculdade que se radica no organismo e que independe, em absoluto, da elevação, do adiantamento e mesmo do estado moral do indivíduo.

Pode, pois, um sonâmbulo ser muito lúcido e ao mesmo tempo incapaz de resolver certas questões, desde que seu Espírito seja pouco adiantado.

 

O que fala por si próprio pode, portanto, dizer coisas boas ou más, exatas ou falsas, demonstrar mais ou menos delicadeza e escrúpulo nos processos de que use, conforme o grau de elevação, ou de inferioridade do seu próprio Espírito.

A assistência então de outro Espírito pode suprir-lhe as deficiências.

 

Mas, um sonâmbulo, tanto como os médiuns, pode ser assistido por um Espírito mentiroso, leviano, ou mesmo mau.

Aí, sobretudo, é que as qualidades morais exercem grande influência, para atraírem os bons Espíritos

 

 

No site da Associação Médico Espírita do Brasil, há uma entrevista feita pela Folha Espírita, com o Dr. José Roberto Santos (Secretário da AME-Brasil), reumatologista e médico intensivista.

 

SONAMBULISMO: INDEPENDÊNCIA DO ESPÍRITO


(matéria publicada na Folha Espírita em março de 2005)

A Folha Espírita entrevistou o Dr. José Roberto Pereira Santos (Secretário da AME-Brasil), reumatologista e médico intensivista.

 

Nesta entrevista à Folha Espírita ele fala sobre o sonambulismo, que, após vários questionamentos do meio espírita, tornou-se seu objeto de estudo.

 

Folha Espírita O que é o sonambulismo?
José Roberto Pereira Santos A palavra sonambulismo origina-se do latim somnus = sono + ambulare = marchar, passear.

 

O transtorno de sonambulismo diz respeito a episódios repetidos de comportamento motor complexo iniciado durante o sono, frequentemente durante a primeira terça parte do sono.

 

Nos episódios leves, o indivíduo pode simplesmente sentar-se na cama, olhar em volta ou se remexer no leito.

Mais tipicamente, o indivíduo levanta-se da cama, podendo ir ao banheiro, sair do quarto, subir ou descer escadas e mesmo sair de casa.

 

Pode usar o banheiro, comer e falar durante os episódios, que duram, em sua maior parte, de alguns minutos a meia hora.

 

No entender da Medicina, o sonambulismo é tratado como uma parassonia.

As parassonias são fenômenos físicos compreensíveis, que acompanham o sono e envolvem atividade muscular esquelética ou mudanças do sistema nervoso autônomo, ou ambas.

 

 

FE E pelo lado espiritual?


Santos Segundo o conhecimento trazido pelos espíritos (O Livro dos Espíritos, questão 425), o sonambulismo “é um estado de independência do espírito (emancipação da alma), mais completo do que no sonho, estado em que maior amplitude adquirem suas faculdades.

 

A alma tem então percepções de que não dispõe no sonho, que é um estado de sonambulismo imperfeito”.

Esta é a descrição do sonambulismo natural, que é um fenômeno produzido espontaneamente.

 

Existem algumas pessoas dotadas de uma organização especial que podem, através de ações magnéticas, entrar em estado sonambúlico, que nesse caso é denominado sonambulismo magnético.

 

 

FEPor que as pessoas que são sonâmbulas levantam, fazem coisas, mas não se lembram de nada depois?


SantosUma das características do sonambulismo é que, ao ser despertado do episódio, ou pela manhã, quando acorda, o indivíduo tem amnésia para o episódio. Tal fato não tem uma explicação satisfatória pela ciência médica.

 

De acordo com as elucidações espíritas, no sonambulismo, o espírito está na posse plena de si mesmo.

Os órgãos materiais, achando-se de certa forma em estado de catalepsia, deixam de receber as impressões exteriores  (O Livro dos Espíritos, questão 425).

 

O sonâmbulo age sob a influência do seu próprio espírito;

é sua alma que, nos momentos de emancipação, vê, ouve e percebe, fora dos limites dos sentidos  (O Livro dos Médiuns, item 172).

 

No sonambulismo, portanto, o cérebro físico não é envolvido nas percepções do episódio.

Quem percebe é o corpo espiritual, e é uma percepção bem mais ampliada do que no sonho, em que as percepções têm a participação do cérebro físico.

Como não há registro cerebral das impressões, o indivíduo não se recorda de nada, ao acordar.

 

 

FE Existe alguma semelhança entre sonambulismo e atividade mediúnica inconsciente? Se sim, explique o que acontece com o espírito nos dois casos…


SantosO sonâmbulo age sob a influência do seu próprio espírito e exprime o seu próprio pensamento, enquanto o médium inconsciente exprime o pensamento de outrem, ou seja, é instrumento de uma inteligência estranha.

 

Segundo O Livro dos Médiuns (item 172), o espírito que se comunica com um médium também o pode fazer com um sonâmbulo.

 

Muitos sonâmbulos veem perfeitamente os espíritos e os descrevem com tanta precisão quanto os médiuns videntes.

Podem confabular com eles e transmitir-nos seus pensamentos (ver item 173 de O Livro dos Médiuns).

 

Nesse caso, pode-se considerar o sonambulismo como uma variedade da faculdade mediúnica, mas não uma mediunidade inconsciente.

 

O processo de sonambulismo magnético, induzido por passes energéticos, é utilizado por alguns grupos mediúnicos, mormente aqueles que têm treinamento com a técnica da apometria (desdobramento magnético), para intensificar as percepções medianímicas dos médiuns.

 

 

FEOuvimos muito falar que as pessoas sonâmbulas são, geralmente, adolescentes. Isso é verdade? Por quê?

 
SantosNão. O sonambulismo ocorre com maior frequência entre os 4 e 12 anos de idade, e sua ocorrência diminui a partir dos 15 anos, sendo mais raro no adulto.

 

Como causa do sonambulismo no adulto, devem ser afastados alguns distúrbios médicos como:

síndrome da apnéia do sono,

uso ou abuso do álcool,

doença febril,

privação do sono,

gravidez

e medicamentos específicos (carbonato de lítio e agentes com efeitos anticolinérgicos).

 

 

FE Mas há uma explicação sobre o porquê de ocorrer com maior frequência entre 4 e 12 anos?

 

SantosNão li, até hoje, nenhuma explicação para essa ocorrência, mas com o conhecimento espírita entendemos que nada ocorre por acaso e nenhum atributo da alma (nesse caso o sonambulismo) aparece para prejuízo de alguém.

 

Acredito que a ocorrência do processo em crianças é uma oportunidade de aprendizado do espírito, na fase infantil da encarnação (em que se encontra mais influenciável aos exemplos e ensinamentos), nos momentos de maior desprendimento espiritual do sonambulismo, em que pode receber instruções e diretrizes dos bons espíritos para uma melhor evolução.

 

 

FEO sonâmbulo corre riscos?

Deve haver sempre alguém por perto? Se sim, por quê?


Santos Riscos existem.

Acidentes como quedas de janelas e de escadas, ou acidentes com objetos pontiagudos ou de vidro podem ocorrer.

 

Não é sempre que os pais percebem as “caminhadas” da criança e, portanto, alguns cuidados devem ser tomados para garantir a segurança do sonâmbulo:

evitar o uso de beliches e camas altas,

trancar portas que possam levar as crianças para fora de casa,

fechar ou colocar grades em janelas,

impedir o acesso para escadas

e esconder objetos pontiagudos ou que possam machucar as crianças.

 

 

FEComo ficam essas crianças que, durante o sonambulismo, se atiram de prédios, vindo a desencarnar? Não existe proteção espiritual nesse caso?


Santos – A ocorrência de traumatismos durante o sono ocorre geralmente em adultos.

Nesses casos deve ser afastada a associação com a ingestão de álcool.

 

Nos casos de crianças é importante recordar que elas são espíritos encarnados com um passado de realizações positivas e negativas.

 

No momento do sonambulismo, estado em que a alma encontra-se mais emancipada do que no sono, a alma desprendida, caso esteja em consonância vibratória com as regiões espirituais inferiores,

pode sofrer maior interferência de espíritos obsessores, através de técnicas hipnóticas, que influenciam o espírito do sonâmbulo no comando da atividade mecânica do seu corpo físico, conforme as suas orientações.

 

Por isso, devemos recomendar às crianças sonâmbulas e aos seus pais a prática da oração antes do sono, solicitando a proteção dos bons espíritos, bem como uma vivência familiar diária, baseada em uma orientação cristã.

 

Salmos  3  : 5 –  Deito-me e pego no sono;

acordo, porque o SENHOR me sustenta.

 

Salmos  4  : 8 –  Em paz me deito e logo pego no sono, porque, SENHOR, só tu me fazes repousar seguro.

 

Provérbios  3  : 24 –  Quando te deitares, não temerás;

deitar-te-ás, e o teu sono será suave.

 

O culto evangélico no lar, qualquer que seja a orientação religiosa da família, é um excelente instrumento de equilíbrio familiar, colaborando de forma positiva para uma melhor ambiência em que vive o sonâmbulo.

 

I  Tessalonicences  5  : 17  – 18

17 –  Orai sem cessar.

 

18 –  Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.

 

Mateus 18  : 19  – 20

19 –  Em verdade também vos digo que, se dois dentre vós, sobre a terra, concordarem a respeito de qualquer coisa que, porventura, pedirem, ser-lhes-á concedida por meu Pai, que está nos céus.

 

20 –  Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: