LEIS MORAIS – LEI DIVINA ou NATURAL – Origem e Conhecimento da Lei Natural – LE – item 624.

16 maio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LEIS MORAIS – LEI DIVINA ou NATURAL – Origem e Conhecimento da Lei NaturalLE – item 624.

 

Livro : O Livro dos EspíritosLeis MoraisLei Divina ou NaturalOrigem da Lei Naturalitem 624.

 

Origem e conhecimento da lei natural

 

624 Qual é o caráter do verdadeiro profeta?

É um homem de bem, inspirado por Deus.

Pode-se reconhecê-lo por suas palavras e ações.

Deus não se serviria da boca de um mentiroso para ensinar a verdade.

 

Efésios 4 : 23 – 24

23  e vos renoveis no espírito do vosso entendimento,

24  e vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade.

 

I João 3 : 17 – 18

17  Ora, aquele que possuir recursos deste mundo, e vir a seu irmão padecer necessidade, e fechar-lhe o seu coração, como pode permanecer nele o amor de Deus?

18  Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade.

 

Números 23 : 19 – Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa.

Porventura, tendo ele prometido, não o fará? Ou, tendo falado, não o cumprirá?

 

Livro : O Evangelho segundo o EspiritismoCapítulo XXIFALSOS CRISTOS E FALSOS PROFETAS.

 

A árvore que produz maus frutos não é boa e a árvore que produz bons frutos não é má; – porquanto, cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto.

Não se colhem figos nos espinheiros, nem cachos de uvas nas sarças.

– O homem de bem tira boas coisas do bom tesouro do seu coração e o mau tira-as más do mau tesouro do seu coração; porquanto, a boca fala do de que está cheio o coração. ( LUCAS, cap. VI, vv. 43 a 45.)

 

Missão dos profetas

4. Atribui-se comumente aos profetas o dom de adivinhar o futuro, de sorte que as palavras profecia e predição se tornaram sinônimas.

No sentido evangélico, o vocábulo profeta tem mais extensa significação. Diz-se de todo enviado de Deus com a missão de instruir os homens e de lhes revelar as coisas ocultas e os mistérios da vida espiritual.

 

Pode, pois, um homem ser profeta, sem fazer predições. Aquela era a ideia dos judeus, ao tempo de Jesus.

Daí vem que, quando o levaram à presença do sumo-sacerdote Caifás, os escribas e os anciãos, reunidos, lhe cuspiram no rosto, lhe deram socos e bofetadas, dizendo: “Cristo, profetiza para nós e dize quem foi que te bateu.”

 

Entretanto, deu-se o caso de haver profetas que tiveram a presciência do futuro, quer por intuição, quer por providencial revelação, a fim de transmitirem avisos aos homens.

Tendo-se realizado os acontecimentos preditos, o dom de predizer o futuro foi considerado como um dos atributos da qualidade de profeta.

 

I Samuel 9 : 9 – (Antigamente, em Israel, indo alguém consultar a Deus, dizia: Vinde, vamos ter com o VIDENTE;

porque ao profeta de hoje, antigamente, se chamava VIDENTE).

 

I Samuel 9 : 19 – Samuel respondeu a Saul e disse: Eu sou o VIDENTE;……..

 

Caracteres do verdadeiro profeta

9. Desconfiai dos falsos profetas.

É útil em todos os tempos essa recomendação, mas, sobretudo, nos momentos de transição em que, como no atual, se elabora uma transformação da Humanidade, porque, então, uma multidão de ambiciosos e intrigantes se arvoram em reformadores e messias.

É contra esses impostores que se deve estar em guarda, correndo a todo homem honesto o dever de os desmascarar.

 

II Pedro 2 : 1 – 3

Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição.

 

E muitos seguirão as suas práticas libertinas, e, por causa deles, será infamado o caminho da verdade;

 

também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias;

para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme.

 

Perguntareis, sem dúvida, como reconhecê-los.

Aqui tendes o que os assinala:

 

Somente a um hábil general, capaz de o dirigir, se confia o comando de um exército.

Julgais que Deus seja menos prudente do que os homens?

 

Ficai certos de que só confia missões importantes aos que ele sabe capazes de as cumprir, porquanto as grandes missões são fardos pesados que esmagariam o homem carente de forças para carregá-los.

 

Jeremias 1 : 5 – Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci, e, antes que saísses da madre, te consagrei, e te constituí profeta às nações.

 

Gálatas 1 : 15 – 16

15  Quando, porém, ao que me separou antes de eu nascer e me chamou pela sua graça, aprouve

16  revelar seu Filho em mim, para que eu o pregasse entre os gentios, sem detença, não consultei carne e sangue,

 

Em todas as coisas, o mestre há de sempre saber mais do que o discípulo;

para fazer que a Humanidade avance moralmente e intelectualmente, são precisos homens superiores em inteligência e em moralidade.

 

Por isso, para essas missões são sempre escolhidos Espíritos já adiantados, que fizeram suas provas noutras existências, visto que, se não fossem superiores ao meio em que têm da atuar, nula lhes resultaria a ação.

 

Isto posto, haveis de concluir que o verdadeiro missionário de Deus tem de justificar, pela sua superioridade, pelas suas virtudes, pela grandeza, pelo resultado e pela influência moralizadora de suas obras, a missão de que se diz portador.

 

Tirai também esta outra consequência:

se, pelo seu caráter, pelas suas virtudes, pela sua inteligência, ele se mostra abaixo do papel com que se apresente, ou da personagem sob cujo nome se coloca, mais não é do que um farsante de baixa classe, que nem sequer sabe imitar o modelo que escolheu.

( Exemplo: O “famoso” brasileiro que se intitula Inri Cristo).

 

Outra consideração:

os verdadeiros missionários de Deus ignoram-se a si mesmos, em sua maior parte;

desempenham a missão a que foram chamados pela força do gênio que possuem, secundado pelo poder oculto que os inspira e dirige a seu mau grado, mas sem desígnio premeditado.

 

Numa palavra:

os verdadeiros profetas se revelam por seus atos, são adivinhados,

ao passo que os falsos profetas se dão, eles próprios, como enviados de Deus.

 

O primeiro é humilde e modesto;

o segundo, orgulhoso e cheio de si, fala com altivez e, como todos os mendazes (mentirosos), parece sempre temeroso de que não lhe deem crédito.

 

Alguns desses impostores têm havido, pretendendo passar por apóstolos do Cristo, outros pelo próprio Cristo, e, para vergonha da Humanidade, hão encontrado pessoas assaz crédulas que lhes creem nas torpezas.

 

Entretanto, uma ponderação bem simples seria bastante a abrir os olhos do mais cego, a de que se o Cristo reencarnasse na Terra, viria com todo o seu poder e todas as suas virtudes, a menos se admitisse, o que fora absurdo, que houvesse degenerado.

 

Mateus 24 : 23 – 27

23  Então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! Ou: Ei-lo ali! Não acrediteis;

24  porque surgirão falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos.

25  Vede que vo-lo tenho predito.

26  Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto!, não saiais. Ou: Ei-lo no interior da casa!, não acrediteis.

27  Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até no ocidente, assim há de ser a vinda do Filho do Homem.

 

Ora, do mesmo modo que, se tirardes a Deus um só de seus atributos, já não tereis Deus, se tirardes uma só de suas virtudes ao Cristo, já não mais o tereis.

Possuem todas as suas virtudes os que se dão como sendo o Cristo?

 

Essa a questão. Observai-os, sondai-lhes as ideias e os atos e reconhecereis que, acima de tudo, lhes faltam as qualidades distintivas do Cristo : a humildade e a caridade,

sobrando-lhes as que o Cristo não tinha: a cupidez e o orgulho.

 

Notai, ao demais, que neste momento há, em vários países, muitos pretensos Cristos, como há muitos pretensos Elias, muitos S. João ou S. Pedro e que não é absolutamente possível sejam verdadeiros todos.

Tende como certo que são apenas criaturas que exploram a credulidade dos outros e acham cômodo viver à custa dos que lhes prestam ouvidos.

 

Desconfiai, pois, dos falsos profetas, sobretudo numa época de renovação, qual a presente, porque muitos impostores se dirão enviados de Deus.

Eles procuram satisfazer na Terra à sua vaidade;

mas uma terrível justiça os espera, podeis estar certos.Erasto. (Paris, 1862.)

 

II Pedro 2 : 3 – também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias;

para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme.

 

 

Livro : Filosofia EspíritaEspírito MiramezPsicografado por João Nunes Maia.

 

624/LE

CARÁTER DO VERDADEIRO PROFETA

 

O verdadeiro profeta é de caráter nobre, dentro da nobreza de Deus, porque somente fala a verdade, e por vezes ela lhe custa a própria vida física, como sucedeu ao Divino Amigo Jesus.

 

É fácil de ser reconhecido o homem de bem, pela sua vida que ajuda outras vidas.

É ele o homem que ama e em todos os seus passos ele prega e vive o amor.

 

Todas as religiões são dignas de respeito, alguns dos religiosos é que são falsos dentro da própria comunidade.

O Espírito, para ser elevado, não precisa certamente de frequentar tais ou quais religiões, mas que faça a caridade com amor.

 

Mateus 22 : 37 – 40

37  Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento.

38  Este é o grande e primeiro mandamento.

39  O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

40  Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas.

 

O missionário legítimo é aquele homem

que respeita aos outros,

que não fere,

que não insulta,

que não critica,

que não tem ódio,

que não tem inveja nem ciúmes,

que perdoa sempre as ofensas alheias,

que segue a linha de Jesus, vivendo os Seus preceitos, que o Evangelho registrou pelo poder do amor dos Seus discípulos.

 

I Coríntios 13 : 1 – 7

Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.

 

Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência;

ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei.

 

E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.

 

O amor é paciente, é benigno;

o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece,

 

não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal;

 

não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade;

 

tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

 

O mestre partiu para planos superiores, mas enviou falanges e mais falanges de Espíritos puros, para a carne e fora dela, a fim de dar continuidade à Sua mensagem de fraternidade universal.

 

Hebreus 1 : 14 – Não são todos eles ESPÍRITOS ministradores, enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação?

 

Hebreus 2 : 1 – 4

1  Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos.

Se, pois, se tornou firme a palavra falada por meio de anjos, e toda transgressão ou desobediência recebeu justo castigo,

como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação? A qual, tendo sido anunciada inicialmente pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram;

dando Deus testemunho juntamente com eles, por sinais, prodígios e vários milagres e por distribuições do Espírito Santo, segundo a sua vontade.

 

Esse trabalho continua a ser feito pelo poder dos anjos:

notadamente aparece na França o Consolador prometido por Jesus há quase dois mil anos, na forma de uma Doutrina, para ensinar as mesmas coisas que disse Jesus e, ainda mais, o que o povo de Sua época não suportaria ouvir.

 

João 14 : 16 – 17

16  E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco,

17  o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós

 

João 14 : 26 – mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito.

 

João 15 : 26 – Quando, porém, vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que dele procede, esse dará testemunho de mim;

 

João 16 : 12 – 14

12  Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora;

 

13  quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir.

14  Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar.

 

Esse Cristianismo remanescente se chama Doutrina Espírita, filosofia abençoada pela Luz, que somente nos traz paz e trabalho, nos traz luz e entendimento.

 

Nesse processo de maturidade das almas, nos vinte séculos passados, volta Jesus para levantar os caídos, alimentar os famintos e instruir os ignorantes, curar os enfermos e tranquilizar os  corações sofredores.

É bom que anotemos o feito do passado, para nos inteirarmos do que ele pode fazer no presente, nas claridades modernas, face a face com a razão.

 

Mas Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou (Marcos 9 : 27).

Jesus, voltando desta forma, estende as mãos para todos nós, encarnados e desencarnados, de todas as filosofias do mundo, e ordena que nos levantemos da ignorância, berço no qual dormimos, erguendo-nos com Ele para a luz da verdade.

 

É o “educar e instruir” do Espiritismo, doutrina ditada pelo Espírito de Verdade que, por onde passa, liberta.

João 8 : 32 – e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

 

E esse é o caráter do verdadeiro cristão,

que passa abençoando e servindo,

aprendendo, amando e perdoando,

falando das vidas sucessivas e mostrando que ninguém morre,

e o que semeamos colhemos,

que com a mesma medida que medirmos seremos medidos,

amando a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos.

 

Tiago 2 : 8 – 9

Se vós, contudo, observais a lei régia segundo a Escritura: Amarás o teu próximo como a ti mesmo, fazeis bem;

se, todavia, fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, sendo arguidos pela lei como transgressores.

 

Tiago 2 : 14 – 17

14  Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras?

Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo?

 

15  Se um irmão ou uma irmã estiverem carecidos de roupa e necessitados do alimento cotidiano,

16  e qualquer dentre vós lhes disser: Ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos, sem, contudo, lhes dar o necessário para o corpo, qual é o proveito disso?

 

17  Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta.

 

Mateus 22 : 29 – 32

29  Respondeu-lhes Jesus: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus.

30  Porque, na ressurreição, nem casam, nem se dão em casamento;

são, porém, como os anjos no céu.

 

31  E, quanto à ressurreição dos mortos, não tendes lido o que Deus vos declarou:

32  Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó?

Ele não é Deus de mortos, e sim de vivos.

 

Marcos 12 : 24 – 27

24  Respondeu-lhes Jesus: Não provém o vosso erro de não conhecerdes as Escrituras, nem o poder de Deus?

 

25  Pois, quando ressuscitarem de entre os mortos, nem casarão, nem se darão em casamento; porém, são como os anjos nos céus.

26  Quanto à ressurreição dos mortos, não tendes lido no Livro de Moisés, no trecho referente à sarça, como Deus lhe falou: Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó?

27  Ora, ele não é Deus de mortos, e sim de vivos.

Laborais em grande erro.

 

Lucas 20 : 37 – 38

37  E que os mortos hão de ressuscitar, Moisés o indicou no trecho referente à sarça, quando chama ao Senhor o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó.

38  Ora, Deus não é Deus de mortos, e sim de vivos;

porque para ele todos vivem.

 

Gálatas 6 : 7 – Não vos enganeis: de Deus não se zomba;

pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará.

 

Mateus 7 : 1 – 5

Não julgueis, para que não sejais julgados.

 

Pois, com o critério com que julgardes, sereis julgados;

e, com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também.

 

Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão, porém não reparas na trave que está no teu próprio?

Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu?

 

Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o argueiro do olho de teu irmão.

 

Lucas 6 : 37 – 38

37  Não julgueis e não sereis julgados;

não condeneis e não sereis condenados;

perdoai e sereis perdoados;

 

38  dai, e dar-se-vos-á;

boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão;

porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.

 

Mateus 22 : 36 – 40

36  Mestre, qual é o grande mandamento na Lei?

37  Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento.

38  Este é o grande e primeiro mandamento.

39  O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

40  Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas.

 

Esse é o verdadeiro profeta, que esquece o mal e somente vive no bem, que esquece o ódio e vive no amor, que esquece a injúria e vive no perdão.

 

O verdadeiro espírita se encontra integrado na luz do Cristo e em si faz brilhar o Cristo de Deus, porque essas coisas são motivos de glória da vida e pela vida.

 

Mateus 5 : 14 – 16

14  Vós sois a luz do mundo.

Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte;

15  nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa.

 

16  Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: