Leis Morais – O BEM E O MAL – 645 – Quando o homem está, de algum modo, mergulhado na atmosfera do vício, o mal não se torna um arrastamento quase irresistível?

31 mar

Leis MoraisO BEM E O MAL645Quando o homem está, de algum modo, mergulhado na atmosfera do vício, o mal não se torna um arrastamento quase irresistível?

 

 

Leis MoraisLei Divina ou NaturalO BEM E O MALLEitem 645

 

 

Livro : O Livro dos EspíritosParte TerceiraCapítulo ILeis MoraisLei Divina ou Natural O BEM E O MALitem 645

 

 

645 Quando o homem está, de algum modo, mergulhado na atmosfera do vício, o mal não se torna um arrastamento quase irresistível?

Arrastamento sim;

irresistível, não, porque, em meio à atmosfera do vício, encontrais, algumas vezes, grandes virtudes.

 

São Espíritos que tiveram força de resistir e, ao mesmo tempo, a missão de exercer uma boa influência sobre seus semelhantes.

 

 

Atos 20 : 29 – 30

29  Eu sei que, depois da minha partida, entre vós penetrarão lobos vorazes, que não pouparão o rebanho.

30  E que, dentre vós mesmos, se levantarão homens falando coisas pervertidas para arrastar os discípulos atrás deles.

 

Efésios 6 : 13 – Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis.

 

 

Livro : Filosofia Espírita  XIII –  Capítulo 33Espírito MiramezPsicografado por João Nunes Maiaitem 645.

 

645/LE

 

DEMORA NO MAL

 

Certos homens, e mesmo Espíritos desencarnados, demoram-se por tempo indeterminado nos vícios, enquanto outros seus companheiros saem logo, quando passam a sofrer as consequências do erro.

 

I Pedro 5 : 10 – Ora, o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de terdes sofrido por um pouco,

ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar.

 

 

Pelo conhecimento da Doutrina dos Espíritos, é fácil saber o porquê de uns sofrerem mais que outros.

Alguns, ainda, passam pelo ambiente vicioso, mas, não se interessam em viciar-se.

Todos sabem que, quanto mais a ignorância domina a mente humana, mais viciada ela pode ser.

 

Efésios 4 : 17 – 19

17  Isto, portanto, digo e no Senhor testifico que não mais andeis como também andam os gentios, na vaidade dos seus próprios pensamentos,

 

18  obscurecidos de entendimento, alheios à vida de Deus por causa da ignorância em que vivem, pela dureza do seu coração,

 

19  os quais, tendo-se tornado insensíveis, se entregaram à dissolução para, com avidez, cometerem toda sorte de impureza.

 

 

O Espírito, em certa faixa do seu despertamento espiritual, sofre todos os tipos de agressões inferiores, passando por tudo para recolher experiências.

 

Romanos  5 : 3 – 4

3 – E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança;

4 – e a perseverança, experiência;

e a experiência, esperança.

 

 

Qual o anjo que não sofreu, nem foi testado pelas paixões inferiores, que não deslizou nos caminhos do erro, para aprender a ser bom e compreender o amor ?

 

Observação : Os versículos abaixo, nos mostram que até Jesus foi tentado.

 

Mateus 4 : 1 – A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.

 

Lucas 22 : 28 – Vós sois os que tendes permanecido comigo nas minhas tentações.

 

 

Esses processos foram criados por Deus.

Se alguém acha que foram criados pelos homens, é só raciocinar : o homem foi criado por quem, e por que as suas tendências ?

Na onisciência do Criador, Ele, ao fazê-lo, não sabia que esse iria criar tais ou quais modalidades de erros ?

 

Onisciente : Que sabe tudo.

 

Salmos 139 : 1 – 18

1  SENHOR, tu me sondas e me conheces.

Sabes quando me assento e quando me levanto;

de longe penetras os meus pensamentos.

 

Esquadrinhas o meu andar e o meu deitar e conheces todos os meus caminhos.

Ainda a palavra me não chegou à língua, e tu, SENHOR, já a conheces toda.

 

Tu me cercas por trás e por diante e sobre mim pões a mão.

Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim: é sobremodo elevado, não o posso atingir.

 

Para onde me ausentarei do teu Espírito?

Para onde fugirei da tua face?

 

Se subo aos céus, lá estás;

se faço a minha cama no mais profundo abismo, lá estás também;

 

se tomo as asas da alvorada e me detenho nos confins dos mares,

10  ainda lá me haverá de guiar a tua mão, e a tua destra me susterá.

 

11  Se eu digo: as trevas, com efeito, me encobrirão, e a luz ao redor de mim se fará noite,

12  até as próprias trevas não te serão escuras: as trevas e a luz são a mesma coisa.

 

13  Pois tu formaste o meu interior, tu me teceste no seio de minha mãe.

14  Graças te dou, visto que por modo assombrosamente maravilhoso me formaste;

as tuas obras são admiráveis, e a minha alma o sabe muito bem;

15  os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra.

 

16  Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda.

 

17  Que preciosos para mim, ó Deus, são os teus pensamentos!

E como é grande a soma deles!

18  Se os contasse, excedem os grãos de areia;

contaria, contaria, sem jamais chegar ao fim.

 

 

O que existe no mundo, em se falando de faltas, sempre existiu, para a educação do próprio faltoso.

 

Gálatas 6 : 1 – Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi-o com espírito de brandura;

e guarda-te para que não sejas também tentado.

 

Hebreus 12 : 14 – 15

14  Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor,

15  atentando, diligentemente, por que ninguém seja faltoso, separando-se da graça de Deus;

nem haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados;

 

 

Isso é justiça. Por que imputar os erros somente para os homens, e na profundidade esquecer de analisar a necessidade de tais coisas para a educação dos mesmos ?

 

Não devemos culpar ninguém pelo que se passa;

tudo são meios usados pela inteligência Divina para o despertamento das almas em ascenção.

 

II Coríntios 1 : 4 – É Ele que nos conforta em toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus.

 

Hebreus 12 : 7 – É para disciplina que perseverais (Deus vos trata como filhos); pois que filho há que o pai não corrige?

 

 

Quanto ao que demora no vício mais que os outros, é Espírito com maior necessidade de corrigenda, e os que ficam pouco nos caminhos das paixões inferiores já se encontram com certa maturidade, e somente recebem o que merecem.

 

Hebreus 12 : 9 – 10

Além disso, tínhamos os nossos pais segundo a carne, que nos corrigiam, e os respeitávamos;

não havemos de estar em muito maior submissão ao Pai espiritual e, então, viveremos?

 

10  Pois eles nos corrigiam por pouco tempo, segundo melhor lhes parecia;

Deus, porém, nos disciplina para aproveitamento, a fim de sermos participantes da sua santidade.

 

 

Não devemos nos impressionar com o que existe.

Deus está vendo tudo e, se o permite, é porque precisamos desses meios para nos elevarmos.

 

Hebreus 4 : 12 – 13

12  Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração.

 

13  E não há criatura que não seja manifesta na sua presença;

pelo contrário, todas as coisas estão descobertas e patentes aos olhos daquele a quem temos de prestar contas.

 

 

Vamos trabalhar no bem, viver o amor e a caridade, para não precisarmos de mais corrigendas.

 

Provérbios 3 : 27 – 28

27  Não te furtes a fazer o bem a quem de direito, estando na tua mão o poder de fazê-lo.

28  Não digas ao teu próximo: Vai e volta amanhã; então, to darei, se o tens agora contigo.

 

Hebreus 13 : 16 – Não negligencieis, igualmente, a prática do bem e a mútua cooperação;

pois, com tais sacrifícios, Deus se compraz.

 

Tiago 2 : 14 – 17

14  Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras?

Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo?

 

15  Se um irmão ou uma irmã estiverem carecidos de roupa e necessitados do alimento cotidiano,

16  e qualquer dentre vós lhes disser: Ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos, sem, contudo, lhes dar o necessário para o corpo, qual é o proveito disso?

 

17  Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta.

 

 

Vamos orar e vigiar para não cairmos em novas tentações, é o que disse Jesus, nos ajudando a nos erguermos para a luz.

 

Mateus 26 : 41 –  Vigiai e orai, para que não entreis em tentação;

o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.

 

 

Ninguém deseja sofrer;

todos temos um instinto de procurarmos as coisas melhores.

 

Marcos 14 : 32 – 36

32  Então, foram a um lugar chamado Getsêmani;

ali chegados, disse Jesus a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou orar.

 

33  E, levando consigo a Pedro, Tiago e João, começou a sentir-se tomado de pavor e de angústia.

34  E lhes disse: A minha alma está profundamente triste até à morte; ficai aqui e vigiai.

 

35  E, adiantando-se um pouco, prostrou-se em terra;

e orava para que, se possível, lhe fosse poupada aquela hora.

 

36  E dizia: Aba, Pai, tudo te é possível;

passa de mim este cálice;

contudo, não seja o que eu quero, e sim o que tu queres.

 

 

Quando, por vezes, permanecemos mais no mal, somos motivados pela ignorância e estamos, mesmos inconscientes, buscando o bem no mal.

 

I Timóteo 1 : 12 – 13

12  Sou grato para com aquele que me fortaleceu, Cristo Jesus, nosso Senhor, que me considerou fiel, designando-me para o ministério,

 

13  a mim, que, noutro tempo, era blasfemo, e perseguidor, e insolente.

Mas obtive misericórdia, pois o fiz na ignorância, na incredulidade.

 

 

Jesus não disse que iria mandar para a humanidade outro consolador ?

 

João 14 : 16 – 17

16  E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco,

 

17  o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem o conhece;

vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós.

 

João 14 : 26 – mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito.

 

 

João 16 : 7 – 11

Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros;

se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei.

 

Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo:

do pecado, porque não creem em mim;

10  da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais;

11  do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado.

 

 

Pois bem, ele já está entre nós, na forma de uma doutrina, a Doutrina Espírita, que além de nos consolar, está no mundo nos instruindo, e esse esclarecimento nos leva à paz de consciência.

Mas, essa paz é produto da maturidade da alma.

 

João 16 : 12 – 14

12  Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora;

 

13  quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade;

porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir.

 

14  Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar.

 

João 14 : 27 – Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou;

não vo-la dou como a dá o mundo.

Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.

 

 

Ninguém, Espírito algum, nasce já desperto na sua pureza e, somente com o tempo pode dar pela presença de Deus e, em se falando da humanidade, pelas mãos do Cristo.

 

Os Espíritos, encarnados e desencarnados, que persistem no erro, sofrendo todas as consequências do mal e não mudam em nada, certamente que ficarão onde se encontram, até abrir os olhos e despertar as sensibilidades para o amor.

 

E Ele lhes disse: Não compreendeis ainda ? (Marcos 8 : 21)

 

Marcos 8 : 17 – 21

17  Jesus, percebendo-o, lhes perguntou: Por que discorreis sobre o não terdes pão?

Ainda não considerastes, nem compreendestes?

Tendes o coração endurecido?

 

18  Tendo olhos, não vedes?

E, tendo ouvidos, não ouvis?

 

Não vos lembrais

 

19  de quando parti os cinco pães para os cinco mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes?

Responderam eles: Doze!

 

20  E de quando parti os sete pães para os quatro mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes?

Responderam: Sete!

 

21  Ao que lhes disse Jesus: Não compreendeis ainda?

 

 

Pois não existe outro meio, ou outros meios, para compreender os problemas melhor do que a dor, enfim, todo tipo de infortúnio, para que se possam despertar os valores latentes e gozar das delícias da vida.

Sempre foi assim, e assim será pela força da justiça.

 

Hebreus 12: 11 – Toda disciplina, com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza;

ao depois, entretanto, produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça.

 

 

Mas, aquele que perseverar até o fim, no amor, será salvo de todas as consequências do ódio, da inveja e do ciúme, e o seu coração abrir-se-á para o coração de Deus, nos caminhos de Jesus.

 

Romanos 12 : 12 –  regozijai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, na oração, perseverantes;

 

Tiago 1 : 2 – 4

2 – Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações,

3 – sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança.

4 – Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes.

 

Tiago  1 : 12 – Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação;

porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam.

 

 

II Pedro  1 :  3  –  7

Visto como, pelo seu divino poder, nos têm sido doadas todas as coisas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude,

 

pelas quais nos têm sido doadas as suas preciosas e mui grandes promessas, para que por elas vos torneis co-participantes da natureza divina, livrando-vos da corrupção das paixões que há no mundo,

 

por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude;

com a virtude, o conhecimento;

 

com o conhecimento, o domínio próprio;

com o domínio próprio, a perseverança;

com a perseverança, a piedade;

 

com a piedade, a fraternidade;

com a fraternidade, o amor.

 

 

I João 2 : 9 – 11

Aquele que diz estar na luz e odeia a seu irmão, até agora, está nas trevas.

 

10  Aquele que ama a seu irmão permanece na luz, e nele não há nenhum tropeço.

 

11  Aquele, porém, que odeia a seu irmão está nas trevas, e anda nas trevas, e não sabe para onde vai, porque as trevas lhe cegaram os olhos.

 

 

I João 3 : 17 – 18

17  Ora, aquele que possuir recursos deste mundo, e vir a seu irmão padecer necessidade, e fechar-lhe o seu coração, como pode permanecer nele o amor de Deus?

 

18  Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade.

 

 

I João 4 : 16 – E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós.

Deus é amor,

e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: