LEIS MORAIS – Lei da Adoração- Adoração Exterior – LE – item 654 – Deus dá preferência aos que O adoram desse ou daquele modo?

15 ago

LEIS MORAISLEI DA ADORAÇÃO654ADORAÇÃO EXTERIOR.

 

LEIS MORAISLei da Adoração Adoração ExteriorLEitem 654

Deus dá preferência aos que O adoram desse ou daquele modo?

 

Livro : O Livro dos EspíritosParte TerceiraLeis MoraisCapítulo IILei da AdoraçãoAdoração Exterioritem 654.

 

654 Deus dá preferência aos que O adoram desse ou daquele modo?

 

Deus prefere os que O adoram verdadeiramente com o coração, com sinceridade, fazendo o bem e evitando o mal,

àqueles que acreditam honrá-lo por cerimônias que não os tornam melhores para com seus semelhantes.

 

João 4 : 24 – Deus é espírito;

e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.

 

Isaías 29 : 13 – O Senhor disse:

Visto que este povo se aproxima de mim e com a sua boca e com os seus lábios me honra,

mas o seu coração está longe de mim, e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, que maquinalmente aprendeu,

 

 

Todos os homens são irmãos e filhos de Deus;

Ele chama para si todos que seguem Suas leis, qualquer que seja a forma em que se exprimam.

 

I João 3 : 1 – Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus.

Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo.

 

Mateus 22 : 36 – 40

36  Mestre, qual é o grande mandamento na Lei?

37  Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento.

38  Este é o grande e primeiro mandamento.

 

39  O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

40  Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas.

 

João 13 : 34 – 35

34  Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros;

assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros.

35  Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros.

 

João 14 : 21 – Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama;

e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele.

 

João 15 : 10 ; 12

10  Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor;

assim como também eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e no seu amor permaneço.

12  O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.

 

Observação : Guardar os mandamentos, significa, PRATICÁ-LOS.

 

 

Quem tem apenas a piedade aparente é hipócrita;

aquele em que a adoração é apenas fingimento e presunção, em contradição com sua conduta, dá um mau exemplo.

 

Mateus 15 : 7 – 9

Hipócritas! Bem profetizou Isaías a vosso respeito, dizendo:

Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim.

E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens.

 

 

Aquele que faz da adoração do Cristo uma profissão e que é orgulhoso, invejoso e ciumento, que é duro e implacável para com os outros, ou ambicioso pelos bens deste mundo,

eu vos digo que a religião está nos seus lábios e não no coração.

 

I Coríntios 9 : 16 – Se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois sobre mim pesa essa obrigação;

porque ai de mim se não pregar o evangelho!

 

I Pedro 5 : 2 – 3

pastoreai o rebanho de Deus que há entre vós, não por constrangimento, mas espontaneamente, como Deus quer;

nem por sórdida ganância, mas de boa vontade;

nem como dominadores dos que vos foram confiados, antes, tornando-vos modelos do rebanho.

 

 

II Pedro 2 : 1 – 3

Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres,

os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição.

E muitos seguirão as suas práticas libertinas, e, por causa deles, será infamado o caminho da verdade;

 

também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias;

para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme.

 

 

I Timóteo  6 : 9 – 10

Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição.

 

10  Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males;

e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores.

 

 

Deus, que vê tudo, dirá:

aquele que conhece a verdade é cem vezes mais culpado do mal que faz do que o ignorante selvagem que vive isolado e será tratado desse modo no dia da justiça.

Se um cego vos derruba ao passar, o desculpareis; se é um homem que vê claramente, vos queixareis e tendes razão.

 

II Pedro 2 : 20 – 22

20  Portanto, se, depois de terem escapado das contaminações do mundo mediante o conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, se deixam enredar de novo e são vencidos, tornou-se o seu último estado pior que o primeiro.

 

21  Pois melhor lhes fora nunca tivessem conhecido o caminho da justiça do que, após conhecê-lo, volverem para trás, apartando-se do santo mandamento que lhes fora dado.

 

22  Com eles aconteceu o que diz certo adágio verdadeiro: O cão voltou ao seu próprio vômito; e: A porca lavada voltou a revolver-se no lamaçal.

 

 

Não pergunteis, portanto, se há uma forma de adoração mais conveniente, porque isso seria perguntar se é mais agradável a Deus ser adorado antes em uma língua do que em outra.

 

Eu vos digo ainda mais uma vez: os cânticos apenas chegam a Ele pela porta do coração.

 

Efésios 5 : 19 – 20

19  falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais,

20  dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo,

 

 

Livro : Filosofia Espírita  XIII –  Capítulo 42Espírito MiramezPsicografado por João Nunes Maiaitem 654.

 

654/LE

 

PREFERÊNCIA DIVINA

 

 

Deus não tem preferência por alguém, somente porque tenha uma forma de adoração a Ele mais refinada.

Deus se interessa por tudo na urdidura da Sua grandiosa criação.

Como ter preferência, se Ele sabe que o crescimento das qualidades é através do tempo, que Ele mesmo criou ?

Se Ele tivesse preferência, a teria pelos ignorantes.

 

 

Eclesiastes 3 : 1 – Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu:

 

I Coríntios 3 : 6 – 8

Eu plantei, Apolo regou;

mas o crescimento veio de Deus.

 

De modo que nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega,

mas Deus, que dá o crescimento.

 

Ora, o que planta e o que rega são um;

e cada um receberá o seu galardão, segundo o seu próprio trabalho.

 

 

O Criador, sendo o Pai de tudo e de todos, não pode ter predileção por uns, somente por serem mais velhos que os outros.

 

Ele conhece e sabe como as coisas devem ser;

nunca Se contrariou, nem Se alegrou;

Deus é equilíbrio, Deus é eterna harmonia.

 

Ele conhece o passado, o presente e o futuro.

 

Basta pensar um pouco nos Seus atributos, para tirarmos de Deus certas emoções humanas.

 

“Deus é a inteligência suprema, causa primeira de todas as coisas.

É eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom.”

 

 

Provérbios 3:19 – O SENHOR com sabedoria fundou a terra, com inteligência estabeleceu os céus.

 

Jeremias 10:10 – Mas o SENHOR é verdadeiramente Deus;

ele é o Deus vivo e o Rei eterno;

 

Hebreus 6: 17 – Por isso, Deus, quando quis mostrar mais firmemente aos herdeiros da promessa a imutabilidade do seu propósito, …..

 

João 4: 24 – Deus é espírito;

e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.

 

Marcos 12:29 – Respondeu Jesus: O principal é: Ouve, ó Israel,

o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor!

 

Salmos 91:1 – O que habita no esconderijo do Altíssimo e descansa à sombra do Onipotente (Que pode tudo; que tem poder absoluto; todo-poderoso. )
 

Marcos 10:18 – Respondeu-lhe Jesus:

Por que me chamas bom?

Ninguém é bom senão um, que é Deus.

 

 

Quanto a nós, Jesus também nos conhece, por isso Ele não precisa chorar, nem preocupar-se com os malfeitos dos homens.

 

Mateus 12 : 25 – Jesus, porém, conhecendo-lhes os pensamentos, disse :

Todo reino dividido contra si mesmo ficará deserto, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá.

 

Mateus 22 : 18 – Jesus, porém, conhecendo-lhes a malícia, respondeu:

Por que me experimentais, hipócritas? 

 

 

Os homens, mesmo os espíritas, se agitam com o que pode acontecer com a Terra, pelos processos mortíferos de destruição que a ignorância criou.

 

Deus é onisciente (que sabe tudo) e Jesus acompanha o temperamento belicoso dos homens, antes que eles pensassem na fabricação de armamentos.

 

Os seres humanos não fazem o que eles desejam, e se é a vontade de Deus que tudo domina,

e em se falando da Terra, é Jesus o agente direto do Criador, por que se preocupar com a sua destruição ?

 

Trabalhemos para a paz, que serviremos de instrumentos do Mestre para a concórdia.

 

Marcos 9 : 50 –  Bom é o sal; mas, se o sal vier a tornar-se insípido, como lhe restaurar o sabor?

Tende sal em vós mesmos e paz uns com os outros.

 

João 14 : 27 – Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou;

não vo-la dou como a dá o mundo.

 

Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.

 

Romanos 12 : 9 – 21

O amor seja sem hipocrisia.

Detestai o mal, apegando-vos ao bem.

 

10  Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.

 

11  No zelo (cuidado, dedicação), não sejais remissos (descuidados, negligentes, desleixados);

sede fervorosos de espírito, servindo ao Senhor;

 

12  regozijai-vos na esperança,

sede pacientes na tribulação,

na oração, perseverantes;

 

13  compartilhai as necessidades dos santos;

praticai a hospitalidade;

 

14  abençoai os que vos perseguem, abençoai e não amaldiçoeis.

 

15  Alegrai-vos com os que se alegram e chorai com os que choram.

 

16  Tende o mesmo sentimento uns para com os outros;

em lugar de serdes orgulhosos, condescendei com o que é humilde;

não sejais sábios aos vossos próprios olhos.

 

17  Não torneis a ninguém mal por mal;

esforçai-vos por fazer o bem perante todos os homens;

 

18  se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens;

 

20  Pelo contrário, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer;

se tiver sede, dá-lhe de beber;

porque, fazendo isto, amontoarás brasas vivas sobre a sua cabeça.

 

21  Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.

 

 

II Coríntios 13 : 11 – Quanto ao mais, irmãos, adeus!

Aperfeiçoai-vos, consolai-vos, sede do mesmo parecer, vivei em paz;

e o Deus de amor e de paz estará convosco.

 

Tiago 3 : 18 – Ora, é em paz que se semeia o fruto da justiça, para os que promovem a paz.

 

I Pedro 3 : 10 – 11

10  Pois quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a língua do mal

e evite que os seus lábios falem dolosamente;

 

11  aparte-se do mal,

pratique o que é bom,

busque a paz e empenhe-se por alcançá-la.

 

 

Deus não tem preferência em relação aos Seus filhos.

Seu amor é como o sol cujos raios aquecem a todos e a tudo com o mesmo amor.

 

I João 4 : 16 – E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós.

Deus é amor,

e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele.

 

 

A diferença está em como recebemos esses raios, segundo a nossa evolução.

Não é a forma de adorar a Deus que importa, é a maturidade da alma, pelas mãos do tempo.

Se já conheces determinadas verdades espirituais, deves usá-las;

se já abriste os olhos para a luz, deves encará-la face a face.

 

 

Mateus 5 : 14 – 16

14  Vós sois a luz do mundo.

Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte;

 

15  nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa.

 

16  Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens,

para que vejam as vossas boas obras

e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.

 

 

Grandes Espíritos se encontram por missão em religiões primitivas, ensinando gradativamente aos Espíritos ignorantes mais uma cota da verdade, e porque eles adoram Deus de maneira mais grosseira, Ele não irá puni-los.

 

Existem muito Espíritos que se requintam na adoração a Deus, ficando em profundo silêncio, na quietude por dias a fio, e nem por isso têm a consciência tranquila,

por deixarem de adorar o Senhor todos os dias, pelos Seus atos.

 

 

Tiago 2 : 14 – 17

14  Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras?

Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo?

 

15  Se um irmão ou uma irmã estiverem carecidos de roupa e necessitados do alimento cotidiano,

16  e qualquer dentre vós lhes disser:

Ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos, sem, contudo, lhes dar o necessário para o corpo,

qual é o proveito disso?

 

17  Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta.

 

 

I João 3 : 17 – 18

17  Ora, aquele que possuir recursos deste mundo, e vir a seu irmão padecer necessidade, e fechar-lhe o seu coração,

como pode permanecer nele o amor de Deus?

 

18  Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua,

mas de fato e de verdade

 

 

A maturidade da alma é uma soma de virtudes vividas.

 

Gálatas 5 : 22 – 23

22  Mas o fruto do Espírito é:

amor,

alegria,

paz,

longanimidade,

benignidade,

bondade,

fidelidade,

23  mansidão,

domínio próprio.

Contra estas coisas não há lei.

 

 

Jesus cumpre um dever assumido com Deus desde a eternidade mas não tem preferência por esta ou aquela religião ou pessoas.

Todos fazem parte de Seu rebanho, que Ele ama e instrui.

 

João 10 : 16 – Ainda tenho outras ovelhas, não deste aprisco;

a mim me convém conduzi-las;

elas ouvirão a minha voz;

então, haverá um rebanho e um pastor.

 

 

João 13 : 34 – 35

34  Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros;

assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros.

 

35  Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos:

se tiverdes amor uns aos outros.

 

 

O hipócrita, o mentiroso, o violento, o assassino, o odiento, enfim, o Espírito que somente se compraz no mal, recebe o mesmo amor de Deus, como o Espírito elevado,

porém, sua mente não sabe transformar esse amor em tranquilidade, em fé, em esperança, em vida, por lhe faltarem conhecimentos para tal,

ao passo que o Espírito evoluído tem essas condições.

Entretanto, as bênçãos são as mesmas para ambos.

 

Salmos 103 : 8 – O SENHOR é misericordioso e compassivo;

longânimo  ( bondoso) e assaz benigno.

 

 

Tudo o que existe o Senhor o permitiu, ou Ele mesmo fez.

Se queres adorar a Deus em espírito e verdade, faze-o, mas não leves a crítica a quem ainda não alcançou essa capacidade.

 

João 4 : 24 – Deus é espírito;

e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.

 

 

Cada um com a sua própria luz, que Deus e Cristo se encontram no comando de todos nós.

Ninguém se perde pelo fato de não compreender a verdadeira gratidão.

 

II Pedro 3 : 9 – Não retarda o SENHOR a sua promessa, como alguns a julgam demorada ;

pelo contrário , ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça,

senão que TODOS cheguem ao arrependimento.

 

I Timóteo 2 : 4 – o qual deseja que TODOS os homens sejam salvos

e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: