LEIS MORAIS – LEI DA ADORAÇÃO – 659 – A PRECE – Qual é o caráter geral da prece?

1 nov

LEIS MORAISLEI DA ADORAÇÃO659A PRECEQual é o caráter geral da prece?

 

Livro : O Livro dos EspíritosParte TerceiraLeis MoraisCapítulo IILei da AdoraçãoA PRECEitem 659 .

 

A PRECE

 

659 Qual é o caráter geral da prece?

A prece é um ato de adoração.

 

João 4 : 24 – Deus é espírito;

e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.

 

 

Orar a Deus é pensar n’Ele;

é se aproximar d’Ele;

é se colocar em comunicação com Ele.

 

Jeremias 29 : 12 – 13

12  Então, me invocareis, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei.

13  Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração.

 

Salmos 139 : 1 – 6

SENHOR, tu me sondas e me conheces.

Sabes quando me assento e quando me levanto;

de longe penetras os meus pensamentos.

Esquadrinhas o meu andar e o meu deitar e conheces todos os meus caminhos.

Ainda a palavra me não chegou à língua, e tu, SENHOR, já a conheces toda.

Tu me cercas por trás e por diante e sobre mim pões a mão.

Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim: é sobremodo elevado, não o posso atingir.

 

Hebreus 11 : 6 – De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam.

 

I João 1 : 3 – o que temos visto e ouvido anunciamos também a vós outros, para que vós, igualmente, mantenhais comunhão conosco.

Ora, a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo.

 

 

Pela prece, podem-se propor três coisas:

louvar, pedir, agradecer.

 

Louvar : Exaltar, enaltecer, glorificar.
Salmos 9 : 1 – 2

Louvar-te-ei, SENHOR, de todo o meu coração;

contarei todas as tuas maravilhas.

Alegrar-me-ei e exultarei em ti;

ao teu nome, ó Altíssimo, eu cantarei louvores.

 

 

Mateus 7 : 7 – 8   

7  Pedi, e dar-se-vos-á;

buscai e achareis;

batei, e abrir-se-vos-á.

 

Pois todo o que pede recebe;

o que busca encontra;

e, a quem bate, abrir-se-lhe-á.

 

 

Colossences 3 : 15 – Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo;

e sede agradecidos.

 

 

Livro : O Evangelho segundo o Espiritismocapítulo XXVIIPEDI E OBTEREISEFICÁCIA DA PRECE itens 58.

 

EFICÁCIA DA PRECE

 

Eficaz : Que produz o efeito desejado; que dá bom resultado. 
 

5.  Seja o que for que peçais na prece, crede que o obtereis e concedido vos será o que pedirdes. (MARCOS, cap. XI, v. 24.)

 

Mateus 6 : 7 – 13

E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios;

porque presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos.

 

Não vos assemelheis, pois, a eles;

porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais.

 

Portanto, vós orareis assim:

Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;

 

10  venha o teu reino;

faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu;

 

11  o pão nosso de cada dia dá-nos hoje;

 

12  e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores;

 

13  e não nos deixes cair em tentação;

mas livra-nos do mal pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém!

 

 

Mateus 7 : 7 – 8

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á.

Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe-á.

 

I Tessalonicenses 5 : 17 – 18

17  Orai sem cessar.

18  Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.

 

6. Há quem conteste a eficácia da prece, com fundamento no princípio de que, conhecendo Deus as nossas necessidades, inútil se torna expor-lhas.

E acrescentam os que assim pensam que, achando-se tudo no Universo encadeado por leis eternas, não podem as nossas súplicas mudar os decretos de Deus.

 

Sem dúvida alguma, há leis naturais e imutáveis que não podem ser ab-rogadas ao capricho de cada um;

mas, daí a crer-se que todas as circunstâncias da vida estão submetidas à fatalidade, vai grande distância.

 

Ab-rogar : Pôr em desuso; anular, suprimir, revogar, derrogar.
 

Se assim fosse, nada mais seria o homem do que instrumento passivo, sem livre-arbítrio e sem iniciativa.

Nessa hipótese, só lhe caberia curvar a cabeça ao jugo dos acontecimentos, sem cogitar de evitá-los;

não devera ter procurado desviar o raio.

 

Deus não lhe outorgou a razão e a inteligência, para que ele as deixasse sem serventia;

a vontade, para não querer;

a atividade, para ficar inativo.

 

Provérbios 2 : 6 – 10

Porque o SENHOR dá a sabedoria, e da sua boca vem a inteligência e o entendimento.

Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos;

é escudo para os que caminham na sinceridade,

guarda as veredas do juízo e conserva o caminho dos seus santos.

 

Então, entenderás justiça, juízo e equidade, todas as boas veredas.

10  Porquanto a sabedoria entrará no teu coração, e o conhecimento será agradável à tua alma.

 

 

Sendo livre o homem de agir num sentido ou noutro, seus atos lhe acarretam, e aos demais, consequências subordinadas ao que ele faz ou não.

 

Romanos 14 : 12 – Assim, pois, cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus.

 

II Coríntios 5: 10 – Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo,

para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo.

 

 

Há, pois, devidos à sua iniciativa, sucessos que forçosamente escapam à fatalidade e que não quebram a harmonia das leis universais, do mesmo modo que o avanço ou o atraso do ponteiro de um relógio não anula a lei do movimento sobre a qual se funda o mecanismo.

Possível é, portanto, que Deus aceda a certos pedidos, sem perturbar a imutabilidade das leis que regem o conjunto, subordinada sempre essa anuência à sua vontade.

 

 

7. Desta máxima: “Concedido vos será o que quer que pedirdes pela prece”, fora ilógico deduzir que basta pedir para obter e fora injusto acusar a Providência se não acede a toda súplica que se lhe faça, uma vez que ela sabe, melhor do que nós, o que é para nosso bem.

É como procede um pai criterioso que recusa ao filho o que seja contrário aos seus interesses.

 

Hebreus 12: 11 – Toda disciplina, com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza;

ao depois, entretanto, produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça.

 

Romanos 8:18 – Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós.

 

 

Em geral, o homem apenas vê o presente;

ora, se o sofrimento é de utilidade para a sua felicidade futura, Deus o deixará sofrer, como o cirurgião deixa que o doente sofra as dores de uma operação que lhe trará a cura.

 

 

II Coríntios 4 : 17 – 18

17  Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação,

 

18  não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem;

porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.

 

 

O que Deus lhe concederá sempre, se ele o pedir com confiança,

é a coragem, a paciência, a resignação.

 

Romanos 5 : 3 – 4

3 E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança;

4 – e a perseverança, experiência;

e a experiência, esperança.

 

Efésios 3 : 20 – Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós,

 

 

Também lhe concederá os meios de se tirar por si mesmo das dificuldades, mediante ideias que fará lhe sugiram os bons Espíritos, deixando-lhe dessa forma o mérito da ação.

 

Hebreus 1 : 14 – Não são todos eles ESPÍRITOS ministradores, enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação?

 

Ele assiste os que se ajudam a si mesmos, de conformidade com esta máxima: “Ajuda-te, que o Céu te ajudará”;

não assiste, porém, os que tudo esperam de um socorro estranho, sem fazer uso das faculdades que possui.

Entretanto, as mais das vezes, o que o homem quer é ser socorrido por milagre, sem despender o mínimo esforço. (Cap. XXV, nº 1 e seguintes.)

 

Mateus 11 : 12 – Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele.

 

Observação : O Capítulo XXV – itens 1 – 5, será colocado após o término deste.

 

 

8. Tomemos um exemplo. Um homem se acha perdido no deserto. A sede o martiriza horrivelmente. Desfalecido, cai por terra.

Pede a Deus que o assista, e espera. Nenhum anjo lhe virá dar de beber.

Contudo, um bom Espírito lhe sugere a ideia de levantar-se e tomar um dos caminhos que tem diante de si.

Por um movimento maquinal, reunindo todas as forças que lhe restam, ele se ergue, caminha e descobre ao longe um regato. Ao divisá-lo, ganha coragem.

Se tem fé, exclamará: “Obrigado, meu Deus, pela ideia que me inspiraste e pela força que me deste.”

 

Se lhe falta a fé, exclamará: “Que boa ideia tive! Que sorte a minha de tomar o caminho da direita, em vez do da esquerda;

o acaso, às vezes, nos serve admiravelmente!

Quanto me felicito pela minha coragem e por não me ter deixado abater!”

Mas, dirão, por que o bom Espírito não lhe disse claramente: “Segue este caminho, que encontrarás o de que necessitas”?

Por que não se lhe mostrou para o guiar e sustentar no seu desfalecimento?

Dessa maneira tê-lo-ia convencido da intervenção da Providência.

Primeiramente, para lhe ensinar que cada um deve ajudar-se a si mesmo e fazer uso das suas forças.

 

Lucas 16 : 16 – A Lei e os Profetas vigoraram até João;

desde esse tempo, vem sendo anunciado o evangelho do reino de Deus,

e todo homem se esforça por entrar nele.

 

 

Depois, pela incerteza, Deus põe a prova a confiança que nele deposita a criatura e a submissão desta à sua vontade.

Aquele homem estava na situação de uma criança que cai e que, dando com alguém, se põe a gritar e fica à espera de que a venham levantar;

se não vê pessoa alguma, faz esforços e se ergue sozinha.

 

Se o anjo que acompanhou a Tobias lhe houvera dito: “Sou enviado por Deus para te guiar na tua viagem e te preservar de todo perigo”, nenhum mérito teria tido Tobias.

Fiando-se no seu companheiro, nem sequer de pensar teria precisado.

Essa a razão por que o anjo só se deu a conhecer ao regressarem.

 

Observação : Tobias é um livro da Bíblia Católica, com 14 capítulos.

 

Tobias 12 : 17 – 21

17  O anjo Rafael  disse-lhes : A paz seja convosco, não temais.

18  Porque, quando eu estava convosco, eu o estava por vontade de Deus; bendizei-o e cantai-lhe louvores.

 

19  Parecia que eu comia e bebia convosco;

mas eu sustento-me dum manjar invisível, duma bebida a qual não pode ser vista pelos homens.

 

20  É, pois, tempo que eu volte para Aquele que me enviou;

vós, porém, bendizei a Deus e cantai todas as Suas maravilhas.

 

21  E, tendo dito estas palavras, desapareceu de diante deles, os quais não o puderam ver mais.

 

 

Livro : O Evangelho segundo o EspiritismoCapítulo XXV –  BUSCAI E ACHAREISitens 1 – 5.

 

BUSCAI E ACHAREIS

Ajuda-te a ti mesmo, que o céu te ajudará

1. Pedi e se vos dará; buscai e achareis;

batei à porta e se vos abrirá;

porquanto, quem pede recebe e quem procura acha e, àquele que bata à porta, abrir-se-á.

 

Qual o homem, dentre vós, que dá uma pedra ao filho que lhe pede pão?

– Ou, se pedir um peixe, dar-lhe-á uma serpente?

 

– Ora, se, sendo maus como sois, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, não é lógico que, com mais forte razão, vosso Pai que está nos céus dê os bens verdadeiros aos que lhos pedirem?  (MATEUS, cap. VII, vv. 7 a 11.)

 

2. Do ponto de vista terreno, a máxima: Buscai e achareis é análoga a esta outra: Ajuda-te a ti mesmo, que o céu te ajudará.

 

É o princípio da lei do trabalho e, por conseguinte, da lei do progresso, porquanto o progresso é filho do trabalho, visto que este põe em ação as forças da inteligência.

 

I Coríntios  3 : 8 – 9

Ora, o que planta e o que rega são um;

e cada um receberá o seu galardão, segundo o seu próprio trabalho.

 

Porque de Deus somos cooperadores;

lavoura de Deus, edifício de Deus sois vós.

 

 

Na infância da Humanidade, o homem só aplica a inteligência à cata do alimento, dos meios de se preservar das intempéries e de se defender dos seus inimigos.

Deus, porém, lhe deu, a mais do que outorgou ao animal, o desejo incessante do melhor,

e é esse desejo que o impele à pesquisa dos meios de melhorar a sua posição, que o leva às descobertas, às invenções, ao aperfeiçoamento da Ciência, porquanto é a Ciência que lhe proporciona o que lhe falta.

Pelas suas pesquisas, a inteligência se lhe engrandece, o moral se lhe depura.

 

As necessidades do corpo sucedem as do espírito: depois do alimento material, precisa ele do alimento espiritual.

E assim que o homem passa da selvageria à civilização.

 

 

Lucas 12 : 22 – 23

22  A seguir, dirigiu-se Jesus a seus discípulos, dizendo: Por isso, eu vos advirto:

não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer, nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir.

23  Porque a vida é mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes.

 

I Coríntios 14 : 1 –  Segui o amor e procurai, com zelo, os dons espirituais, mas principalmente que profetizeis.

 

 

Mas, bem pouca coisa é, imperceptível mesmo, em grande número deles, o progresso que cada um realiza individualmente no curso da vida.

Como poderia então progredir a Humanidade, sem a preexistência e a re-existência da alma?

 

Jeremias  1 : 4 – 5

A mim me veio, pois, a palavra do SENHOR, dizendo:

 

Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci,

e, antes que saísses da madre, te consagrei, e te constituí profeta às nações.

 

 

Gálatas  1 : 15 – 16

15  Quando, porém, ao que me separou antes de eu nascer

e me chamou pela sua graça, aprouve

16  revelar seu Filho em mim, para que eu o pregasse entre os gentios, sem detença, não consultei carne e sangue,

 

Mateus  17 : 12 –13

13  Eu, porém, vos DECLARO  que ELIAS JÁ VEIO, e não o reconheceram;

antes, fizeram com ele tudo quanto quiseram.

Assim também o Filho do Homem há de padecer nas mãos deles.

 

13  Então os discípulos ENTENDERAM que LHES FALARA A RESPEITO de JOÃO BATISTA.

 

Mateus 11: 11 – 15 
11  Em verdade vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior do que João Batista;

mas o menor no reino dos céus é maior do que ele.

 

12  Desde os dias de JOÃO BATISTA até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele.

 

13  Porque todos os Profetas e a Lei profetizaram até JOÃO.

 

14  E, SE O QUEREIS RECONHECER, ELE MESMO É ELIAS, QUE ESTAVA PARA VIR.

 

15  QUEM TEM OUVIDOS PARA OUVIR, OUÇA.

 

 

Se as almas se fossem todos os dias, para não mais voltarem, a Humanidade se renovaria incessantemente com os elementos primitivos, tendo de fazer tudo, de aprender tudo.

 

Não haveria, nesse caso, razão para que o homem se achasse hoje mais adiantado do que nas primeiras idades do mundo, uma vez que a cada nascimento todo o trabalho intelectual teria de recomeçar.

 

Ao contrário, voltando com o progresso que já realizou e adquirindo de cada vez alguma coisa a mais, a alma passa gradualmente da barbárie à civilização material e desta à civilização moral. (Vede: cap. IV, nº 17.)

 

 

3. Se Deus houvesse isentado do trabalho do corpo o homem, seus membros se teriam atrofiado;

se o houvesse isentado do trabalho da inteligência, seu espírito teria permanecido na infância, no estado de instinto animal.

 

Por isso é que lhe fez do trabalho uma necessidade e lhe disse:

Procura e acharás; trabalha e produzirás.

 

Dessa maneira serás filho das tuas obras, terás delas o mérito e serás recompensado de acordo com o que hajas feito.

 

 

Salmos 62 : 12 – e a ti, Senhor, pertence a graça, pois a cada um retribuis segundo as suas obras.

 

Romanos 14 : 12 – Assim, pois, cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus.

 

 

4. Em virtude desse princípio é que os Espíritos não acorrem a poupar o homem ao trabalho das pesquisas, trazendo-lhe, já feitas e prontas a ser utilizadas, descobertas e invenções, de modo a não ter ele mais do que tomar o que lhe ponham nas mãos, sem o incômodo, sequer, de abaixar-se para apanhar, nem mesmo o de pensar.

 

Salmos 128 : 2 – Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem.

 

 

Se assim fosse, o mais preguiçoso poderia enriquecer-se e o mais ignorante tornar-se sábio à custa de nada e ambos se atribuírem o mérito do que não fizeram.

Não, os Espíritos não vêm isentar o homem da lei do trabalho: vêm unicamente mostrar-lhe a meta que lhe cumpre atingir e o caminho que a ela conduz, dizendo-lhe: Anda e chegarás.

Toparás com pedras; olha e afasta-as tu mesmo.

Nós te daremos a força necessária, se a quiseres empregar. (O Livro dos Médiuns, 2ª Parte, cap. XXVI, nº 291 e seguintes.)

 

 

I Tessalonicenses  4 : 9 – 12

No tocante ao amor fraternal, não há necessidade de que eu vos escreva, porquanto vós mesmos estais por Deus instruídos que deveis amar-vos uns aos outros;

10  e, na verdade, estais praticando isso mesmo para com todos os irmãos em toda a Macedônia.

Contudo, vos exortamos, irmãos, a progredirdes cada vez mais

 

11  e a diligenciardes por viver tranquilamente, cuidar do que é vosso e trabalhar com as próprias mãos, como vos ordenamos;

12  de modo que vos porteis com dignidade para com os de fora e de nada venhais a precisar.

 

 

5. Do ponto de vista moral, essas palavras de Jesus significam:

 

Pedi a luz que vos clareie o caminho e ela vos será dada;

pedi forças para resistirdes ao mal e as tereis;

pedi a assistência dos bons Espíritos e eles virão acompanhar-vos e, como o anjo de Tobias, vos guiarão;

 

pedi bons conselhos e eles não vos serão jamais recusados;

batei à nossa porta e ela se vos abrirá;

mas, pedi sinceramente, com fé, confiança e fervor;

 

apresentai-vos com humildade e não com arrogância, sem o que sereis abandonados às vossas próprias forças e as quedas que derdes serão o castigo do vosso orgulho.

 

Tal o sentido das palavras:

buscai e achareis;

batei e abrir-se-vos-á.

 

 

Livro : Filosofia Espírita  XIII –  Capítulo 47Espírito MiramezPsicografado por João Nunes Maia item 659.

 

659/LE

 

VALOR DA PRECE

 

Certamente que a prece é um ato de adoração, seja ela na linguagem em que for dita, desde que seja pelo coração.

 

Seja ela ensinada por essa ou aquela religião, orar é reconhecer um poder Supremo, é ato de gratidão Àquele que nos fez e nos governa a todos.

 

 

Marcos 11 : 24 – 26

24  Por isso, vos digo que tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco.

 

25  E, quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas.

 

26  Mas, se não perdoardes, também vosso Pai celestial não vos perdoará as vossas ofensas.

 

 

Deus já se encontra em toda a parte, desde a Sua Criação, mas, nem sempre se percebe essa união divina com a criação.

 

Somente quando despertamos para a vida, quando a nossa consciência se ilumina, é que vamos a Ele, porque Ele já se encontra em nós, a esperar que acordemos para a verdadeira vida.

Ele não tem predileção por ninguém.

 

Lucas 17 : 21 – Nem dirão: Ei-lo aqui! Ou: Lá está!

Porque o reino de Deus está dentro de vós.

 

 

Quando o homem aprender a orar, notar-se-á em seu coração, mesmo no de carne, um foco de luz de vários cambiantes, em busca de outras luzes que escapam às nossas deduções, e nesta transfusão de vida é que nascem e despertam as vidas.

 

Lê mais sobre o valor da oração e deixa teus sentimentos buscarem mais entendimento sobre a prece.

Enriquece teus valores, porque se queres forças de curar,  de alegrar, de saúde, de fé e mesmo de amor,

aprende a orar dentro da simplicidade, da humildade, sendo um dínamo de amor que irradia por todos os lados, ajudando a todas as criaturas de Deus.

 

 

Efésios 4 : 1 – 3

Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados,

 

com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor,

 

esforçando-vos diligentemente por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz;

 

 

Colossences 3 : 12 – 14

12  Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade.

 

13  Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem.

Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós;

 

14  acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição.

 

 

É certo que temos de cuidar dos que sofrem, onde quer que seja, mas em primeiro lugar, vamos ouvir os nossos benfeitores espirituais que nos chamam através da Doutrina Espírita,

porque os sofredores sempre os teremos, nos nossos caminhos, entretanto, uma palavra do Cristo, nem sempre temos oportunidade de ouvi-la, na veemência que os tempos estão nos trazendo.

 

Marcos 14 : 7 –  Porque os pobres, sempre os tendes convosco e, quando quiserdes, podeis fazer-lhes bem, mas a mim nem sempre me tendes.

 

 

Depois de adultos, temos que caminhar com os próprios pés, e se não aprendemos bem as lições, passaremos dificuldades nos caminhos.

 

Hebreus 5 : 14 – Mas o alimento sólido é para os adultos, para aqueles que, pela prática, têm as suas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal.

 

 

Registramos outra lição de grande importância, anotada pelo apóstolo João :

Porque, os pobres, sempre os tendes convosco, mas a mim nem sempre me tendes …..(João 12 : 8).

 

Aprendemos, pois, com os luminares da eternidade, que de vez em quando descem ao nosso plano, a orar e viver com Jesus, para, depois de preparados, irmos de encontro aos pobres, aos que sofrem.

 

Tiago 2 : 14 – 17

14  Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras? Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo?

 

15  Se um irmão ou uma irmã estiverem carecidos de roupa e necessitados do alimento cotidiano,

16  e qualquer dentre vós lhes disser: Ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos, sem, contudo, lhes dar o necessário para o corpo, qual é o proveito disso?

 

17  Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta.

 

 

As agressões da vida, te buscam para despertar, e nós outros somos aqueles cireneus que, pela misericórdia, vamos ajudar-te a levar a cruz.

 

Lucas 23 : 26 –  E, como o conduzissem, constrangendo um cireneu, chamado Simão, que vinha do campo, puseram-lhe a cruz sobre os ombros, para que a levasse após Jesus.

 

Cireneu : Aquele que auxilia, principalmente em trabalho penoso.

 

 

Quem ora a Deus tem gratidão, e nunca deves orar somente pedindo, a não ser para pedir forças para as lutas de cada dia.

Deves agradecer sempre pelo que recebes das mãos do Benfeitor Universal.

 

Lucas 17 : 15 – 19

15  Um dos dez, vendo que fora curado, voltou, dando glória a Deus em alta voz,

16  e prostrou-se com o rosto em terra aos pés de Jesus, agradecendo-lhe;

e este era samaritano.

 

17  Então, Jesus lhe perguntou: Não eram dez os que foram curados?

Onde estão os nove?

 

18  Não houve, porventura, quem voltasse para dar glória a Deus, senão este estrangeiro?

19  E disse-lhe: Levanta-te e vai;

a tua fé te salvou.

 

 

Colossences 3 : 15 – 17

15  Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo;

e sede agradecidos.

 

16  Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo;

instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração.

 

17  E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.

 

 

Quem ora sabe que pela oração pode comunicar-se com o invisível.

 

Romanos 1 : 20 – Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas.

 

I Timóteo 1 : 17 – Assim, ao Rei eterno, imortal, invisível, Deus único, honra e glória pelos séculos dos séculos. Amém!

 

 

Em certo nível do Espírito que faz a prece, ele não precisa mais pedir, porque a Onisciência Divina sabe bem o que todos merecem receber no seu estágio espiritual.

 

Mateus 6 : 8 – Não vos assemelheis, pois, a eles;

porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais.

 

 

Neste caso, deves somente agradecer o que vem ao teu caminho, com humildade e amor, ao Pai que nunca se esquece dos Seus filhos do coração.

 

Se não tens costumes de orar, procura fazê-lo, porque a prece nos leva a sensações indizíveis, que somente quem ora sabe sentir e não sabe explicar, na sua pura realidade.

 

Lucas 11 : 1 – 4

De uma feita, estava Jesus orando em certo lugar;

quando terminou, um dos seus discípulos lhe pediu: Senhor, ensina-nos a orar como também João ensinou aos seus discípulos.

 

Então, ele os ensinou: Quando orardes, dizei:

Pai, santificado seja o teu nome; venha o teu reino;

 

o pão nosso cotidiano dá-nos de dia em dia;

perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a todo o que nos deve;

e não nos deixes cair em tentação.

 

 

I Pedro 1 : 8 – 9

a quem ( Jesus), não havendo visto, amais;

no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória,

obtendo o fim da vossa fé: a salvação da vossa alma.

 

 

O Universo é um ato de prece do Criador;

se tudo vive na harmonia, a harmonia é oração, que as leis de Deus sabem expressar.

 

 

Hebreus 11 : 3 – Pela fé, entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das coisas que não aparecem.

 

Salmos 145 : 13 –   O teu reino é o de todos os séculos, e o teu domínio subsiste por todas as gerações.

O SENHOR é fiel em todas as suas palavras e santo em todas as suas obras.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: