LEIS MORAIS – LEI DA ADORAÇÃO – 670 – SACRIFÍCIOS – Os sacrifícios humanos feitos com intenção piedosa, algumas vezes puderam ser agradáveis a Deus?

14 abr

LEIS MORAISLEI DA ADORAÇÃO670SACRIFÍCIOSOs sacrifícios humanos feitos com intenção piedosa, algumas vezes puderam ser agradáveis a Deus?

 

Livro : O Livro dos EspíritosParte TerceiraLeis MoraisCapítulo IILei da AdoraçãoSacrifíciositem 670.

 

SACRIFÍCIOS

 

670 Os sacrifícios humanos feitos com intenção piedosa, algumas vezes puderam ser agradáveis a Deus?

– Não, nunca.

 

Marcos 12 : 32 – 33

32  Disse-lhe o escriba: Muito bem, Mestre, e com verdade disseste que

Ele é o único, e não há outro senão Ele,

 

33  e que amar a Deus de todo o coração e de todo o entendimento e de toda a força,

e amar ao próximo como a si mesmo

 

excede a todos os holocaustos e sacrifícios.

 

 

Mas Deus julga a intenção.

 

Salmos 7 : 8 – O SENHOR julga os povos;

julga-me, SENHOR, segundo a minha retidão

e segundo a integridade que há em mim.

 

 

Os homens, sendo ignorantes, podiam acreditar que faziam um ato louvável, ao sacrificar um de seus semelhantes.

 

Nesse caso, Deus apenas levava em conta o pensamento e não o fato.

 

Salmos 139 : 1 – 2

SENHOR, tu me sondas e me conheces.

Sabes quando me assento e quando me levanto;

de longe penetras os meus pensamentos.

 

 

Os homens, ao se melhorarem, reconheceriam seu erro e reprovariam esses sacrifícios, que não deviam alcançar compreensão, no pensamento dos Espíritos esclarecidos.

Digo, esclarecidos, porque os Espíritos estavam, então, envolvidos por um véu material.

Mas , pelo livre-arbítrio, podiam ter uma percepção de sua origem e finalidade, e muitos já compreendiam, por intuição, o mal que faziam, embora continuassem a fazê-lo para satisfazer suas paixões.

 

Ezequiel 18 : 30 – 32

30  Portanto, eu vos julgarei, a cada um segundo os seus caminhos, ó casa de Israel, diz o SENHOR Deus.

Convertei-vos e desviai-vos de todas as vossas transgressões;

e a iniquidade não vos servirá de tropeço.

 

31  Lançai de vós todas as vossas transgressões com que transgredistes

e criai em vós coração novo e espírito novo;

pois, por que morreríeis, ó casa de Israel?

 

32  Porque não tenho prazer na morte de ninguém, diz o SENHOR Deus.

Portanto, convertei-vos e vivei.

 

 

Livro : Filosofia Espírita  XIV –  Capítulo 7Espírito MiramezPsicografado por João Nunes Maiaitem 670.

 

 

670/LE

 

AGRADAR A DEUS

 

Deus criou os Espíritos simples e ignorantes, contudo, colocou em cada criatura todos os valores espirituais para serem acordados

e é no desenvolvimento desses valores que passamos por processos difíceis de serem vencidos.

 

Atos 14 : 22 – . .. fortalecendo a alma dos discípulos, exortando-os a permanecer firmes na fé;

e mostrando que, através de muitas tribulações, nos importa entrar no reino de Deus.

 

I Pedro 5 : 10 – depois de terdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar.

 

 

Toda a subida exige esforço,

e o Senhor já nos fez assim para nos dar oportunidade de conquistar, na nossa vida transitória, a nossa felicidade.

 

Mateus 11 : 12 – Desde os dias de João Batista até agora,

o reino dos céus é tomado por esforço,

e os que se esforçam se apoderam dele.

 

 

Lucas 16 : 16 – A Lei e os Profetas vigoraram até João;

desde esse tempo, vem sendo anunciado o evangelho do reino de Deus,

e todo homem se esforça por entrar nele.

 

 

Deus nos fez para o bem e somente nos deseja o amor,

porém, o que passamos para alcançar essa estabilidade,

são testes os quais julgamos ser infelicidade, dado o nosso pouco entendimento.

 

Hebreus 12 : 11 – Toda disciplina, com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza;

ao depois, entretanto, produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça.

 

 

Quando usamos expressão que Deus não quer isso ou aquilo, nos esquecemos de que Ele somente não quer o que não existe.

O Senhor Todo Poderoso deixa que aconteça tudo o que a história nos revela, para educação da humanidade,

de modo que todos os povos encontrem a si mesmos,

sentindo a necessidade de viver somente no bem, experimentando o que chamamos de mal.

 

I Pedro 5 : 10 – depois de terdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar.

 

 

A linguagem humana é bastante pobre para que tudo, todas as nuances das leis de Deus, sejam explicadas.

Muita coisa é deixada para amanhã, depois que o progresso nos deixar saldos elevados em todas as direções.

É por esse progresso que Deus falará mais claramente aos que estão preparados para ouvir.

 

João 16 : 12 – 14

12  Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora;

 

13  quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade;

porque não falará por si mesmo,

mas dirá tudo o que tiver ouvido

e vos anunciará as coisas que hão de vir.

 

14  Ele me glorificará,

porque há de receber do que é meu

e vo-lo há de anunciar.

 

 

Os seres humanos, num passado não muito distante, passaram a sacrificar seus próprios irmãos, oferecendo aos deuses esse sacrifício, para acalmar sua fúria (como poderá um deus estar furioso?), depois de praticarem o sacrifício de animais.

A inferioridade queria sangue; correndo sangue, os deuses se acalmariam.

 

Gálatas 4 : 8 – Outrora, porém, não conhecendo a Deus, servíeis a deuses que, por natureza, não o são;

 

 

Se tudo o que acontece é com a permissão do Deus único e soberano, o que devemos pensar nisso ?

Ele permitiu, e tudo o que permite servir-nos-á de lições.

 

Hebreus 6 : 3 – Isso faremos, se Deus permitir.

 

 

“O Livro dos Médiuns”, em mensagem dada por Erasto, discípulo de Paulo, no capítulo XXII, nos diz :

Deus colocou os animais ao vosso lado como auxiliares, para vos alimentarem, para vos vestirem, para vos secundarem.

 

Se a carne precisa de carne, como nos fala Erasto, necessário é matar para comer, e encontramos esse ato por todo o reino animal :

 

os peixes alimentando-se dos seus irmãos, assim também os animais das matas e os pássaros.

Quem ensinou ao tigre matar e comer a gazela ?

 

Quem ensinou ao gavião a caçar as aves indefesas para se alimentarem ?

E a cobra em busca do batráquio (rã) ?

Certas tribos de índios (antropófagos) comiam carne humana.

 

Devemos meditar, para então entendermos o que pode ser a vida e como ela se processa para o devido despertamento dos valores do Espírito.

 

O “não matarás”, estabelecido por lei, funciona na sua integralidade apenas para os Espíritos já evoluídos, despertados e que trabalham com amor.

 

E as guerras e os vícios humanos, que muitos chamam de hábitos ?

A mente em desenvolvimento passa por tudo isso, e Deus criou o Espírito para passar por tudo isso.

 

Sendo onisciente, Ele sabia do modo que o ser humano e os animais iriam usar seus instintos e sua inteligência.

Se Ele permitiu, é porque tem de ser assim, e esta forma é que é a melhor maneira para nós, para a nossa felicidade.

 

Se a carne já não te faz bem, é sinal de que deves deixá-la,

e amar mais os animais,

de modo a colocá-los como sendo os nossos irmãos,

pois, somos filhos do mesmo Pai.

 

 

Eclesiastes 3 : 18 – 20

18  Disse ainda comigo: é por causa dos filhos dos homens, para que Deus os prove, e eles vejam que são em si mesmos como os animais.

 

19  Porque o que sucede aos filhos dos homens sucede aos animais;

o mesmo lhes sucede: como morre um, assim morre o outro, todos têm o mesmo fôlego de vida, e nenhuma vantagem tem o homem sobre os animais;

porque tudo é vaidade.

 

20  Todos vão para o mesmo lugar;

todos procedem do pó e ao pó tornarão.

 

 

Provérbios 12 : 10 –  O justo atenta para a vida dos seus animais,

mas o coração dos perversos é cruel.

 

 

Ainda existe muito o que estudar sobre as leis de Deus, sem o fanatismo que nos leva à cegueira.

 

João 16 : 12 – 14

12  Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora;

 

13  quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade;

porque não falará por si mesmo,

mas dirá tudo o que tiver ouvido

e vos anunciará as coisas que hão de vir.

 

14  Ele me glorificará,

porque há de receber do que é meu

e vo-lo há de anunciar.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: